Questões sobre LicitaçõesRegistro de Preço

Registro de Preço: Valor estimado não consta no edital

Gostaria de solicitar, resposta sobre a ata de registro de preço. 1) Objeto Registro contração dos serviços de manutenção corretiva, com e sem substituição de peças, em equipamento de automação comercial, balanças. – No edital informa que o valor das peças está provisionado e será pago conforme a sua necessidade do órgão.Minha pergunta – Qual é o valor estimado para o serviço a ser executado, pois não costa nesse edital? R- Resposto do órgão Entretanto, não compõe o custo dos serviços. Não informo o valor estimado em licitação de pregão, com base no acórdão 85/2007 e 1178/2008 do TCU. Minha pergunta – É essa resposta, não deverá ser informado o valor estimado para o serviço?

A questão é controvertida.

Em procedimento licitatório instaurado na modalidade pregão, o TCU entende que não há obrigatoriedade de divulgar o orçamento estimado da contratação, deixando sob o poder discricionário da Administração, divulgá-lo ou não.

Acórdão TCU nº 392/2011 – Plenário:
“No caso do pregão, a jurisprudência do TCU é no sentido de que a divulgação do valor orçado e, se for o caso, do preço máximo, caso este tenha sido fixado, é meramente facultativa”.

Já o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, inclina-se na direção da obrigatoriedade de divulgar o valor estimado da licitação no edital:

“(…) decidiu esta Corte em sessão do E. Plenário de 28/08/128 que “a Administração deva sempre divulgar no edital, o valor total estimado da contratação, ficando dispensável de divulgação apenas o orçamento estimado em planilhas de quantitativos e preços unitários”; a exemplo das Decisões recentes também em Representações formuladas
contra editais de pregões, exemplificativamente nos TC-000922/989/12-4, TC-000550/989/12-3, TC-000124/989/13-8, em conjunto com TC-000131/989/13-9, TC-000119/989/12-7,
TC-001070/989/12-9 em conjunto com TC-001282/989/12-8.

Portanto, a questão não é pacífica, estando sujeita à corrente doutrinária dos conselheiros ou ministros dos órgãos de controle.

Publicado em 22 de setembro de 2016

(Colaborou Dr. Ariosto Mila Peixoto, advogado especializado em licitações e contratos administrativos, no escritório AMP Advogados).

*Alguns esclarecimentos foram prestados durante a vigência de determinada legislação e podem tornar-se defasados, em virtude de nova legislação que venha a modificar a anterior, utilizada como fundamento da consulta

Related posts
Outras QuestõesQuestões sobre Licitações

Cadastro prévio para licitações

Para participar das licitações, tenho que cadastrar minha empresa previamente nas…
Read more
ContratosQuestões sobre Licitações

Contrato nas Licitações X Pesquisa de Preço

Em relação ao contrato de prestação de serviços, técnicos, jurídicos, contábeis, etc…
Read more
ContratosQuestões sobre Licitações

Renovação de contrato de locação de imóvel exige pesquisa de mercado.

Sobre renovação de contrato de locação de imóvel para a administração. É preciso fazer uma…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *