Notícias

Compras do governo dão preferência a veículo nacional

Para caminhões, margem será de 17%

 

Veículos produzidos no Brasil terão margem de preferência em licitações do governo federal, segundo o decreto 7.816/2012, publicado no Diário Oficial da União última segunda-feira (1º). Para caminhões, a margem será de 17%; furgões terão 15%; e implementos rodoviários, 14%.  Os índices serão aplicados apenas para produtos nacionais.

 

A margem de preferência será calculada sobre o menor preço ofertado de produto manufaturado estrangeiro e será desconsiderada se o concorrente for nacional. A política de compras governamentais faz parte do Plano Brasil Maior, por serem indutoras do desenvolvimento da indústria, incentivando o investimento em inovação e o avanço tecnológico. As compras governamentais foram regulamentadas pela Lei 12.349/2010, que concede margem de preferência de até 25% para produtos manufaturados e serviços nacionais que atendam às normas técnicas brasileiras e incorporem inovação.

 

As margens de preferência são setoriais, definidas pela Comissão Interministerial de Compras Públicas (CI-CP), criada pelo Decreto nº 7.546/2011. A comissão é composta por integrantes dos ministérios da Fazenda; Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior; Ciência, Tecnologia e Inovação; Relações Exteriores e Planejamento, Orçamento e Gestão.

Related posts
Notícias

Governo do Acre abre licitação de pregão eletrônico para aquisição de equipamentos

O Governo do Acre abre licitação de pregão eletrônico nº 202/2022, por Sistema de Registro de…
Read more
Notícias

Presidente do TJ-BA proíbe compra de itens de luxo em licitações

Tapetes persas, carros de luxo e diárias em hotéis suntuosos, ao que tudo indica, podem ter ficado…
Read more
Notícias

PBH abre licitação para implantação da Praça das Águas do Ribeirão Pampulha

A Prefeitura de Belo Horizonte publicou, nesta quinta-feira, dia 19, o edital de licitação para a…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *