Notícias

“Para fiscalizar o poder público”, parlamentar propõe que licitações sejam transmitidas ao vivo

O deputado estadual Alysson Lima (PRB-GO) apresentou nesta quinta-feira (18/07) um projeto de lei, que prevê que as licitações dos poderes Executivo e Legislativo sejam transmitidas ao vivo e via internet. O parlamentar pretende fazer com que o cidadão se aproxime mais dos processos licitatórios com o objetivo de “fiscalizar o poder público”

De acordo com a proposta, o membro da comissão de licitação ou o pregoeiro deverá informar inicialmente sobre qual processo licitatório está tratando, declarando, ao menos, as seguintes informações: número do edital de licitação; modalidade de licitação; regime de execução; órgão solicitante; e objeto da licitação.

Na justificativa da matéria, o parlamentar ressalta que o direito de acompanhar as sessões públicas de licitação raramente é exercido já que só pode ser feito de modo presencial. “O cidadão que pretende acompanhar as sessões de licitação para fiscalizar o poder público deve ter disponibilidade de tempo exatamente naquele horário reservado aquela licitação, proceder com o deslocamento até local que será realizado o ato e, igualmente, revelar sua identidade, o que pode gerar alguma forma de constrangimento, quiçá retaliação”, pontua.

O projeto será apreciado pelos membros da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa.

(Fonte: Diário de Goiás)

Related posts
Notícias

PCDF investiga empresários que usaram robô para fraudar licitação

Suspeitos criaram softwares proibidos para dar lances automáticos em pregões eletrônicos…
Read more
Notícias

Aberta licitação para construir sede do MP em Nova Mutum; investimento de R$ 4,2 milhões

A prefeitura de Nova Mutum divulgou no Diário Oficial do Estado que as empresas interessadas em…
Read more
Notícias

Governo revê licitação de R$ 147 milhões

O governo do Estado suspendeu licitação para contratação de uma empresa para gerenciar a…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *