Notícias

Veja como ficará praça inclusiva que será construída perto do lago municipal

A Prefeitura de Cascavel publicou nesta quarta-feira (05), no Diário Oficial do município, a homologação da licitação (tomada de preços 03/2020) para a construção de uma obra inédita na cidade: o Espaço Inclusivo, na região do Lago Municipal. Os recursos foram conquistados pelo deputado Marcio Pacheco (PDT) junto ao Ministério do Turismo.

A GD2 Administradora de Obras Ltda venceu o certame público com um lance de R$ 415.462,17. Isso representa um desconto de R$ 51.377,39 ante o valor máximo estipulado para a licitação de R$ 466.839,56. Outras duas empresas participaram da concorrência: a BC Construtora e a Construpar Construções.

O deputado Pacheco ressalta a importância da construção do Espaço Inclusivo. “Esse é um investimento muito importante para Cascavel e nós temos um compromisso com a inclusão das pessoas especiais. Esse projeto foi pensando como muito carinho para atender as pessoas especiais do nosso município”, afirma o deputado.

O Espaço Inclusivo será construído no antigo terreno do Teatro Barracão, que foi demolido em 2011, na região do Lago Municipal, que é considerado o cartão postal de Cascavel. A obra iniciará em breve tendo em vista que o processo de licitação acaba de ser homologado.

O espaço contará com brinquedos adaptados para atender os autistas, os cadeirantes, os deficientes visuais e auditivos, as pessoas com down e com outras necessidades especiais. A ideia do projeto foi discutida amplamente com as entidades do setor, como a Apae (Associação de Pais de Amigos dos Excepcionais), a Amac (Associação de Mães de Autistas de Cascavel), a Associação Olhar Down, a Acas (Associação Cascavelense de Amigos de Surdos) e o Paradesporto de Cascavel.

Os recursos para a construção do Espaço Inclusivo foram conquistados por Pacheco junto ao Ministério do Turismo em maio de 2018, quando ele fez uma viagem a Brasília. O projeto foi feito por técnicos da prefeitura, que está apoiando a iniciativa.

Fonte: CGN

Related posts
Notícias

Lucro ou prejuízo? Cascavel gastou R$ 1,777 milhão com aluguel de radares e arrecadou R$ 5,790 milhões com multas

Nos últimos dias a CGN noticiou que Cascavel gasta até R$ 270 mil ao mês com o aluguel dos…
Read more
Notícias

Atuação do TCE gera economia aos cofres públicos de Moreilândia PE

O Tribunal de Contas na Prefeitura de Moreilândia, em Pernambuco, realizou uma análise de…
Read more
Notícias

Ex-diretores da Cia de Cambé devem restituir R$ 778,4 mil

A Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) determinou que a Companhia de…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *