Notícias

Prefeitura de Maringá anuncia intenção de contratar, sem licitação, especialista em projeto de videomonitoramento

A Prefeitura de Maringá anunciou a intenção de contratar, com dispensa de licitação, o consultor de tecnologia de segurança José Bueno Filho. O objetivo é fazer um grande projeto de videomonitoramento e segurança no município.

José Bueno Filho participou da elaboração do Guia Nacional de Videomonitoramento Urbano em Segurança Pública e, recentemente, foi contratado pela Prefeitura de Araguaína, no Tocantins, onde apresentou em março de 2018, o projeto Araguaína Conectada.

Na cidade do Tocantins, o consultor analisou a implantação de uma rede de fibra ótica com cerca de 70 km, com câmeras de monitoramento instaladas em 80 pontos estratégicos e a possibilidade de desenvolvimento de vários aplicativos dentro do conceito de smart city ou cidade inteligente

De acordo com a nota de intenção de contratação publicada pela Prefeitura de Maringá, o consultor vai ser contratado para a “elaboração de estudo técnico e projeto básico, além de assessoria técnica na elaboração de termo de referência para o desenvolvimento da solução do sistema de Segurança e Videomonitoramento do Município de Maringá.”

Entre as justificativas para contratar José Bueno Filho para fazer o projeto de videomonitoramento, a prefeitura citou que ele prestou serviços em “unidades prisionais federais de segurança máxima, prestou o mesmo serviço para no mínimo seis municípios e prestou consultoria para o Ministério da Justiça.”

A ideia é que o sistema seja integrado, envolva todas as secretarias municipais por meio de videomonitoramento, controle de tráfego e monitoração de pessoas por meio da Guarda Municipal e Secretaria de Mobilidade Urbana. O sistema também vai ser integrado aos demais órgãos de segurança pública e de apoio, como a Defesa Civil.

Em dezembro de 2018, a Prefeitura de Maringá anunciou a intenção de realizar o projeto “Maringá mais Segura”, com a previsão de instalação de até 3 mil câmeras de videomonitoramento em pontos estratégicos e prédios públicos até 2021.

Para 2019, de acordo com o informação pela administração, há uma previsão de investimento de R$ 32 milhões na instalação de mil equipamentos em 357 prédios públicos. Na quarta-feira (6/2) foi inaugurada a nova sede da Guarda Municipal, onde é prevista a instalação da central de videomonitoramento do projeto.

(Fonte: Maringá Post)

Related posts
Notícias

Por suspeita de fraude, TJDFT suspende licitação de R$ 70 mi na Saúde

Concorrente acusa empresa vencedora de ter sido beneficiada por servidora da secretaria no certame…
Read more
Notícias

Governo da Bahia lança aplicativo para licitação baseado em blockchain

Os estados da Bahia e do Rio Grande do Norte vão passar a usar um aplicativo de licitação baseado…
Read more
Notícias

Mantido afastamento de prefeito de Aparecida (SP) acusado de fraude em licitação

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, negou seguimento (julgou…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *