Notícias

Nenhuma empresa se interessa em licitação de remédios para atender ações judiciais

Nos dois casos, as aquisições foram estimadas para 1 ano

Licitação para compra de medicamentos destinados às ações judiciais não recebeu interessados, de acordo com publicação do Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta segunda-feira (10).

Outra concorrência divulgada, também de remédios a pacientes que entraram na Justiça, é a que previa 18 lotes em medicamentos. Somente um deles, o primeiro, teve proposta e a Farmacêutica LTDA venceu o objeto. Somadas, as duas licitações chegam a R$ 270 mil. Nos dois casos, as aquisições foram estimadas para 1 ano.

A judicialização na saúde geralmente ocorre quando pacientes precisam de medicamentos não previstos na tabela do SUS (Sistema Único de Saúde), portanto não fornecidos gratuitamente. Nestes casos, os pacientes recorrem à Justiça para conseguir o tratamento. Em 2019, o município informou que destinou R$ 2,4 milhões para cumprir decisões judiciais na saúde.

(Fonte: Jornal Mídia Max)

Related posts
Notícias

Veja como ficará praça inclusiva que será construída perto do lago municipal

A Prefeitura de Cascavel publicou nesta quarta-feira (05), no Diário Oficial do município, a…
Read more
Notícias

Empresa vence licitação para obra de R$ 25 milhões na MS-156

A empresa Engepar Engenharia e Participações venceu a licitação para obra de melhorias e…
Read more
Notícias

Justiça rejeita denúncia sobre participação de Felício em licitação fraudulenta no litoral sul de SP

A Justiça rejeitou uma acusação do Ministério Público que aponta irregularidades em…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *