Notícias

Metrô de SP lança nova licitação para compra de trens e sistemas de sinalização da Linha 17-Ouro

Obra do monotrilho foi prometida para a Copa de 2014; empreendimento enfrenta problemas com prazos e entrega de serviços contratados.

O Metrô de São Paulo lançou na segunda-feira (15) uma nova licitação internacional para a compra de 14 trens e o fornecimento de diversos serviços para a Linha 17-Ouro. As propostas serão recebidas pela empresa até 15 de setembro.

Quando pronto, o monotrilho vai ligar o aeroporto de Congonhas, na Zona Sul da cidade, até a estação Morumbi da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Entre os serviços especificados na licitação estão: a implantação de sistemas de sinalização, bandejamento e redes de fibras ópticas para transmissão de dados; controle centralizado; portas de plataforma; sistema de captação de energia pelo trem; máquina de lavar trens; veículo de via para manutenção e inspeção; integração de sistemas; aparelho de mudança de vias; sobressalentes e ferramentas especiais.

A construção dessa linha vem gerando polêmica na cidade de São Paulo. Em março, o Metrô rescindiu um dos contratos de construção do monotrilho e, em maio, multou em R$ 88 milhões o Consórcio Monotrilho Integração (CMI).

Essa nova contratação, inclusive, foi feita para substituir os trabalhos do consórcio CMI e para garantir a entrega dos trens, tendo em vista que a empresa contratada inicialmente, a Scomi, com sede na Malásia, faliu.

O monotrilho virou promessa para a Copa 2014 em 2010, quando o então ministro do Esporte, Orlando Silva, assinou com o governo do estado e a Prefeitura da capital uma série de compromissos, a chamada Matriz de Responsabilidades.

No entanto, a obra sofreu uma série de problemas nos últimos anos –o que fez com que a previsão de seu funcionamento passasse de 2013 para julho de 2019.

Em março deste ano, o secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, disse que “a responsabilidade que nós temos com a população paulista é de entregar essa obra no nosso governo”. A atual gestão termina em 2022.

(Fonte: G1 – São Paulo)

Related posts
Notícias

Prefeitura inicia licitação para executar obras no aeroporto de Sorriso

A prefeitura de Sorriso abriu procedimento licitatório para contratar a empresa que vai elaborar o…
Read more
Notícias

Juiz é afastado por suspeita de favorecimento à empresa em licitação do Porto Seco de Anápolis

TRF-1 impediu juiz Alaor Piacini de julgar a causa após comprovado que seu filho, Odasir Piacini…
Read more
Notícias

Com licitação concluída, obra para recuperar passarela começa na semana que vem

Garantia foi dada pelo secretário de Infraestrutura de Florianópolis, Valter Galina…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *