Notícias

Prefeitura de Maringá implanta ferramenta de inteligência artificial para análise automatizada de editais de licitação

Município aderiu à Auditoria Preventiva em Licitações, chamada de Ferramenta Alice

Referência em compliance e controle e considerada a mais transparente entre as grandes cidades do Paraná, a Prefeitura de Maringá avança para aprimorar a gestão dos processos. O município, por meio da Secretaria de Compliance e Controle, aderiu à Auditoria Preventiva em Licitações, chamada de Ferramenta Alice. O sistema foi desenvolvido pela Controladoria-Geral da União (CGU) e analisa de forma automática, por meio de técnicas de mineração de texto e inteligência artificial, editais de licitação para alertar sobre riscos ou inconsistências encontradas nos processos.

A Ferramenta Alice, que reúne informações da CGU e do Tribunal de Contas da União (TCU), foi cedida de forma gratuita à Prefeitura de Maringá. Com isso, além da análise realizada pelos auditores de controle interno, todos os processos licitatórios do município passarão pelo sistema. Caso seja verificada alguma fragilidade, o sistema emite alerta para os auditores, o que poderá evitar riscos na contratação e antecipar ajustes para reduzir cancelamentos ou suspensões dos pregões.

“O nosso modelo de gestão pública, que preza pela ética e transparência, ganha mais uma ferramenta para reforçar nosso compromisso com o controle social e auditoria interna. A ferramenta da CGU garante uma análise dupla dos processos licitatórios, que passarão pelos nossos auditores e pela ferramenta, gerida pelos órgãos federais de controle”, afirmou o prefeito Ulisses Maia. Ele lembrou que Maringá é a única entre entre as seis maiores cidades do Paraná a conquistar o selo diamante, nível máximo de avaliação em transparência no Programa Nacional de Transparência Pública, realizado pelos Tribunais de Contas e pela Associação dos Membros de Tribunais de Contas (Atricon).

O secretário de Compliance e Controle, Maurício Domingos, explica que os processos licitatórios serão analisados pela Ferramenta Alice em dois momentos: no ato da publicação do edital e durante a apresentação das propostas das empresas. “O sistema Alice analisa também a situação cadastral das empresas, aponta possíveis situações sobre o CNPJ das participantes e outros aspectos. Isso tudo de forma automática, o que garante que mais processos sejam verificados em um tempo menor”, diz.

Referência – A primeira Secretaria de Compliance e Controle do Paraná foi implementada pela Prefeitura de Maringá em 2021. Desde então, a pasta realiza importante trabalho no município, tornando-se, inclusive, referência e modelo para outras cidades brasileiras. Por meio de auditorias internas e capacitações, a Secretaria de Compliance e Controle visa garantir a eficiência, confiabilidade, segurança e transparência nos processos internos da Prefeitura.

(Fonte: Saiba Já News)

Related posts
Notícias

Reino Unido abre licitação para compra de novo helicóptero militar

O Ministério da Defesa do Reino Unido (MoD) abriu ontem (27) a licitação do projeto New Medium…
Read more
Notícias

Licitação para obras da Escola Piquiri será publicada em março

A reforma da Escola Estadual de Ensino Médio Piquiri que está em tramitação desde o dia 29 de…
Read more
Notícias

Higer vence licitação no Uruguai de 100 ônibus elétricos

Modelo AZURE A12BR será o mesmo que atua no mercado brasileiro e que passará a ser montado no…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *