Notícias

Governo pretende lançar licitação para conceder Jalapão à iniciativa privada até o fim do ano

O Governo do Tocantins prevê lançar até o fim de 2021 a licitação para que os parques estaduais do Jalapão e do Cantão sejam concedidos para a iniciativa privada. A informação é do secretário de Parcerias e Investimentos do estado, Claudinei Quaresemin. Ele disse ainda que o projeto está em fase final de estudos e que as audiências públicas sobre o tema, para ouvir as partes interessadas, devem começar em agosto.

A concessão é uma das apostas do governo para tentar impulsionar o turismo. A ideia já era discutida anteriormente, mas ganhou força durante a pandemia. O secretário executivo da pasta, Robson Ferreira, explicou que existe uma expectativa de aumento da procura por destinos ligados a natureza, menos propensos a aglomerações, na retomada do setor.

Governo aposta no ecoturismo durante a retomada do setor.

“Acreditamos que os projetos irão colaborar muito para o desenvolvimento do turismo tocantinense principalmente no que tange ao turismo ecológico, grande aposta para o período pós-pandemia, além de gerar empregos e renda para a população, aumentar a arrecadação dos municípios das regiões dos parques e de todo o Estado”, informou.

O Palácio Araguaia afirma que a população será convidada a participar das discussões sobre o melhor modelo para a concessão. Ainda não está claro se serão realizadas duas licitações separadas para cada parque ou se uma mesma concessionária será escolhida para administrar os dois.

Esta iniciativa existe dentro do Programa de Estruturação de Concessões de Parques Naturais desenvolvido pelo Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES). Em todo o país, 26 parques em seis estados devem passar pelo mesmo processo.

Além dos parques estaduais, há estudos em andamento para a concessão de outros ativos, como uma rede de banda larga estadual, rodovias e um parque tecnológico que ainda não foi construído em Palmas, ainda sem prazo para lançamento.

Este ano houve concessões no Tocantins em projetos do Governo Federal, como no caso do Aeroporto de Palmas e ainda de um trecho da BR-153, entre Goiás e o sul do Tocantins além de de uma rede de energia elétrica de alta tensão para reforçar a interligação do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) com as hidrelétricas da região norte.

(Fonte: G1)

Related posts
Notícias

TJ dispensa licitação para comprar R$ 124 mil em tapetes

Compras – Sem licitação, o TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) vai gastar R$…
Read more
Notícias

Agepar aprova edital de licitação dos pátios de veículos

O Conselho Diretor da Agepar (Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná)…
Read more
Notícias

Divisão de Licitação da Prefeitura é destaque após atingir resultados positivos divulgados pela BLL com economia de quase R$ 6 milhões aos cofres públicos

Uma excelente notícia chegou ao prefeito Luis Henrique Moreira na quarta-feira, dia 22 de setembro…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *