Notícias

Prefeitura de Caxias encaminha nesta quarta estudo para licitação do aeroporto ao governo federal

Após a visita de uma comitiva da Serra a Brasília no início da semana, a prefeitura de Caxias encaminha nesta quarta-feira (23) o estudo da minuta da licitação do projeto para a construção do novo aeroporto regional, que ficará em Vila Oliva. O compromisso foi assumido durante a viagem à capital federal na segunda-feira (21) e terça-feira (22), quando o grupo visitou e esteve em diversos ministérios.

Conforme o secretário de Gestão e Finanças de Caxias do Sul, Paulo Dahmer, o governo federal deve analisar em até 30 dias a documentação que detalha o que estará previsto no processo licitatório para escolher a empresa que fará o projeto executivo em que serão apontadas as necessidades para a construção do terminal. Com isso, a expectativa é de que a licitação seja aberta ainda neste ano.

— É bom a gente frisar que o próprio termo de referência foi construído com a Secretaria da Aviação Civil. Então, nós temos o entendimento que ele vai ter facilidade para ser aprovado. Isso vai possibilitar que a gente faça ainda este ano a licitação e o edital do projeto do aeroporto — afirmou Dahmer, em entrevista ao Gaúcha Hoje da rádio Gaúcha Serra.

No entanto, para lançar a licitação, também é preciso obter a aprovação da licença prévia junto à Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam). Sem essa documentação, não é possível iniciar a obra.

Saúde

Outra pauta regional tratada na viagem foi a ampliação do Hospital Geral (HG). De acordo com o secretário, ficou acertado que a instituição de saúde vai cadastrar uma proposta para obter ainda neste ano a garantia de um investimento de R$ 4 milhões para a compra de equipamentos quando a nova ala estiver pronta. No total, são necessários R$ 17 milhões apenas para a compra de aparelhos. O restante do valor deve ser buscado no ano que vem.

A comitiva da Serra destacou o interesse em um projeto federal que permite o aporte de recursos de combate à covid-19 em investimentos. O valor destinado aos municípios teria que ser usado até o final do ano apenas em custeio do serviços, ou seja, para pagar os atendimentos. Como a perspectiva é que sobre dinheiro, o hospital de Caxias tem interesse em contar com esses recursos dos municípios da região para a ampliação do prédio.

Segundo o diretor geral do HG, Sandro Junqueira, o governo federal prometeu também o envio de 30 respiradores e monitores ao hospital, o que significa o número de leitos de UTI na nova ala. Para Junqueira, a visita ao ministério foi muito positiva diante dessas possibilidades abertas para a captação de recursos.

Ainda na área da saúde, Caxias encaminhará à União um ofício solicitando testes rápidos para o município. Segundo o secretário, a ideia é que esses kits sejam usados inclusive na testagem de estudantes devido à volta às aulas presenciais.

Habitação

Caxias levou ao governo federal também o Plano de Recuperação da Área Férrea, que consiste no projeto de reassentamento de 920 famílias que ocupam há mais de 30 anos irregularmente uma faixa na zona oeste da cidade. O município e a União são réus de uma ação do Ministério Público Federal que cobra uma solução para a ocupação. A proposta apresentada é que a prefeitura forneça os terrenos para o reassentamento e o governo federal colabore com o financiamento para as novas casas das famílias.

Fonte: Pioneiro Clic RBS

Related posts
Notícias

Frical promete ônibus de graça e nova licitação no transporte coletivo em Várzea Grande

Candidato a prefeito de Várzea Grande, o empresário Flávio Frical (PSB) disse que vai implantar…
Read more
Notícias

Lençóis Paulista: TJ condena quatro por contrato sem licitação

Ex-prefeita e ex-diretor terão de pagar multa civil; pena para empresa e empresária é proibição…
Read more
Notícias

Ministério Público de Contas pede anulação da licitação do Aeroporto de Chapecó

Parecer de 45 páginas cita possível acesso a informações privilegiadas no certame por parte da…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *