EditalQuestões sobre Licitações

Impugnação de edital em face da exigência de alvará ou autorização

Podemos impugnar um edital por exigência de licença e alvará de funcionamento?

A resposta a este questionamento será: “depende do caso”.

Embora não seja comum esta exigência, entendo que há previsão legal para o edital indicá-la, conforme previsto no art. 28, inciso V; ou no art. 30, inciso IV, ambos da Lei 8.666/93:

Art. 28 – A documentação relativa à habilitação jurídica, conforme o caso, consistirá em: (…)
V – decreto de autorização, em se tratando de empresa ou sociedade estrangeira em funcionamento no País, e ato de registro ou autorização para funcionamento expedido pelo órgão competente, quando a atividade assim o exigir.

Art. 30 – A documentação relativa à qualificação técnica limitar-se-á a: (…)
IV – prova de atendimento de requisitos previstos em lei especial, quando for o caso.
Como exemplo, podemos mencionar a AFE (Certificado de Autorização de Funcionamento) emitido pela Anvisa que autoriza as empresas do segmento da saúde (a exemplo de laboratórios ou fabricantes de medicamentos) a exercerem as atividades descritas no certificado. Nele, constam o número da autorização da empresa e seu endereço.

No entanto, a obrigatoriedade da apresentação de alvará ou autorização de funcionamento, ainda na fase habilitatória, carecerá de justificativa técnica do órgão a demonstrar que a atividade exercida pelo licitante exige a apresentação da autorização. Assim sendo, é preciso justificar sua exigência, sob pena de restringir injustificadamente o caráter competitivo da licitação.

Nesse sentido, inclina-se o TCU: “A autorização ou o alvará de funcionamento para o endereço indicado pela licitante não constitui exigência documental de habilitação prevista na Lei 8.666/93, de modo que a habilitação de empresa eventualmente sem tal título não configura irregularidade na licitação nem ofensa ao princípio da isonomia (Acórdão nº 4182/2017 – Segunda Câmara)

Publicado em 28 de dezembro de 2021

(Colaborou Dr. Ariosto Mila Peixoto, advogado especializado em licitações e contratos administrativos, no escritório AMP Advogados).

*Alguns esclarecimentos foram prestados durante a vigência de determinada legislação e podem tornar-se defasados, em virtude de nova legislação que venha a modificar a anterior, utilizada como fundamento da consulta

Related posts
HabilitaçãoQuestões sobre Licitações

Princípio da motivação

Ganhei uma licitação de pregão eletrônico. Estava com todos os documentos devidamente corretos.
Read more
Modalidades de LicitaçãoQuestões sobre Licitações

Mais de uma dispensa de Licitação no mesmo exercício

Pode realizar contratação direta de uma mesma empresa, com objeto e contratos distintos, mas com…
Read more
HabilitaçãoQuestões sobre Licitações

Certidão não emitida

PODE SER A EMPRESA PUNIDA SE ELA PAGOU TODOS OS DÉBITOS E O ÓRGÃO EMISSOR FALHA E ATRASAR…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *