Critérios de AvaliaçãoQuestões sobre Licitações

Atestados Técnicos em nome do antigo funcionário

A empresa na qual entrei a pouco tempo, possui vários atestados porem em nome de outro engenheiro, que não faz mais parte do quadro técnico. Posso utilizar estes atestados em licitações? Como posso incorpora-los a minha carteira?

Em primeiro lugar, é bom esclarecer que do ponto de vista do sistema CREA/CONFEA, os atestados são registrados em nome dos profissionais, e não em nome das empresas – muito embora o nome da empresa conste do documento (já que é a contratada).

Já em relação ao tratamento que os atestados podem ter pela Administração contratante, a lei n. 8.666/93, em seu artigo 30, II, estipula duas condições de habilitação técnica distintas:

1) comprovação de aptidão para desempenho de atividade pertinente e compatível em características, quantidades e prazos com o objeto da licitação…

2) …qualificação de cada um dos membros da equipe técnica que se responsabilizará pelos trabalhos (§1º, I, do art.30);

O primeiro item refere-se a comprovar que a EMPRESA já executou um contrato de complexidade e volume semelhantes – e tem, portanto, condições de absorver outra demanda semelhante. O segundo item refere-se a comprovar que o PROFISSIONAL, da equipe técnica, tem essa qualificação.

No caso da sua questão, essa segunda condição – a relativa ao profissional técnico envolvido na atividade – não estará atendida, muito embora a apresentação dos contratos registrados no CREA demonstrem que a empresa atende à determinada condição técnica.

É bom lembrar que esse assunto é complexo e frequentemente sujeito a interpretações equivocadas, gerando grande insegurança entre os licitantes e entre os órgãos da Administração Pública também. Por isso, recomenda-se um tratamento muito cauteloso do assunto, considerando-se o caso em particular e, para isso, a assessoria de um advogado especializado pode ter especial valor.

(Colaborou Dr. Saulo Alle, advogado especializado em licitações e contratos administrativos, no escritório AMP Advogados)

Publicado em 07 de agosto de 2014
*Alguns esclarecimentos foram prestados durante a vigência de determinada legislação e podem tornar-se defasados, em virtude de nova legislação que venha a modificar a anterior, utilizada como fundamento da consulta

{fcomment}

Related posts
Questões sobre Licitações

Em um pregão onde o preço do produto é R$10,00 e o fornecedor quer vender dando um desconto para o município a R$ 8,00. Nesse caso será preciso fazer uma alteração contratual ou existe entendimento para que a nota fique diferente do empenho?

Embora o preço mais vantajoso obtido pela Administração tenha sido o de R$ 10,00, é possível…
Read more
Questões sobre Licitações

Posso usar consultas da internet para terceiro preço, qual lei que ampara? Tenho que ter os dados da empresa completo. Isso é para produto e serviço?

Segundo a Instrução Normativa nº 73/2020 [1] do Ministério da Economia, que dispõe sobre o…
Read more
Questões sobre Licitações

Uma Associação criada pelo Lucro Presumido pode participar de licitações públicas? Ela entraria como terceiro setor?

Para que uma associação seja enquadrada no Terceiro Setor, ela deve atender ao pressuposto da…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *