Notícias

Três Gargantas: compra da EDP irá acelerar operações no Brasil

Ao vencer esta licitação, Três Gargantas irá cooperar com a EDP no campo de energias alternativas.

Pequim, 23 dez (EFE).- A Corporação Três Gargantas, gigante estatal chinesa que se tornou sócio majoritário da Energias de Portugal (EDP) ao adquirir a participação do Estado português, avaliou a operação positivamente nesta sexta-feira e assegurou que servirá para acelerar sua presença em mercados como Brasil, Estados Unidos e Europa.

‘Nossas operações no exterior cobrem mais de 40 países, a maioria na Ásia e na África. Ao vencer esta licitação, Três Gargantas irá cooperar com a EDP no campo de energias alternativas e entra no mercado de EUA, Europa e Brasil, acelerando seu acesso ao mercado internacional’, destacou a empresa em comunicado.

A corporação, criada em 1993 para administrar a hidrelétrica de Três Gargantas (o maior projeto deste tipo no mundo), ressaltou que o Governo chinês apoia a internacionalização das empresas do país.

Também destacou que se trata da primeira compra de Três Gargantas no mercado internacional, assim como a primeira vez em que uma companhia estatal chinesa se torna a maior acionista de uma empresa estrangeira cotada em bolsas de valores internacionais.

Três Gargantas adquiriu 21,35% do capital da EDP junto ao Estado português por 2,693 bilhões de euros, vencendo a concorrência com outras empresas, entre elas a brasileira Eletrobrás, que ofereceu 2,5 bilhões de euros. EFE

(Fonte: G1)

 

Related posts
Notícias

Trumpista venceu licitação para blindagem na PRF

A empresa Combat Armor Defense do Brasil, cujo presidente é o americano Daniel Beck, conhecido…
Read more
Notícias

Câmara de Francisco Beltrão segue orientações do TCE-PR e corrige licitação

Graças ao trabalho de fiscalização preventiva realizado pelo Tribunal de Contas do Estado…
Read more
Notícias

Governador se reúne com Poderes para discutir cenário da pandemia

O governador Carlos Massa Ratinho Junior se reuniu nesta segunda-feira (8) com o presidente do…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *