Notícias

Secretário estadual é condenado por improbidade administrativa no PR

Ricardo Barros foi condenado por vender maquinário público sem licitação. Processo corresponde ao período em que ele foi prefeito de Maringá (PR).

 

O Tribunal de Justiça do Paraná negou, nesta quinta-feira (17), o recurso apresentado pela defesa do secretário estadual de Indústria Comércio, Ricardo Barros, contra a condenação de Barros por improbidade administrativa. O processo corresponde ao período de 1989 a 1993, quando Ricardo Barros foi prefeito de Maringá, no Norte do Paraná. Além dele, três funcionários municipais foram condenados. Eles deverão restituir o prejuízo aos cofres públicos.

 

O ex-prefeito teria vendido maquinário público sem licitação e por um valor abaixo do mercado, diz sentença da condenação. A ação foi proposta pela Promotoria de Justiça de Proteção do Patrimônio Público de Maringá e relata que os equipamentos foram comprados por uma pessoa que fazia parte de uma comissão designada por Ricardo Barros para avaliar os coletores de lixo.

 

O advogado de Ricardo Barros afirmou que o maquinário não servia mais, por isso, foi vendido. Ricardo Barros vai recorre à decisão do TJ-PR no Superior Tribunal de Justiça, em Brasília.

(Fonte: G1)

Related posts
Notícias

Nova concessão do transporte deve iniciar operação até março de 2022, diz Felicio

Os dois lotes do sistema devem ser operados pelo Grupo Itapemirim; ideia do prefeito é que Linha…
Read more
Notícias

Nova concessão do transporte deve iniciar operação até março de 2022, diz Felicio

A Polícia Federal realizou ontem (21) uma operação para combater fraudes em licitações e…
Read more
Notícias

Cuiabá investirá mais de R$ 193 milhões em melhoria do sistema viário nos próximos dois anos

O processo licitatório nº 044/2021 está em andamento e deve ser finalizado ainda este ano Além…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *