Notícias

Promotores acionam STF contra dispensa de licitação para advogados

A Conamp, que reúne promotores estaduais, pediu ao Supremo para derrubar a lei aprovada pelo Congresso que permite a órgãos públicos contratar advogados e contadores sem licitação.

Aprovado no fim do ano passado, o projeto lei chegou a ser vetado em janeiro por Jair Bolsonaro, mas os parlamentares derrubaram o veto em agosto, restabelecendo a dispensa.

Na ação apresentada ao STF, os promotores dizem que não faz sentido o argumento de que advogados e contadores prestam serviços “técnicos e singulares”, o que justificaria a livre escolha dos profissionais, sem concorrência, pelos gestores públicos.

A associação afirmou que órgãos públicos já contam com procuradorias para a defesa dos atos oficiais e que nova lei serve apenas para “direcionamento inconstitucional, ilegal e imoral a interesses particulares”.

“O administrador não deve contratar tão somente o profissional ou empresa que goza de sua confiança; a contratação deve se dar unicamente com a utilização de critérios técnicos e objetivos, previamente expressos na lei e no edital da licitação”, diz a ação.

Foi sorteado como relator o ministro Edson Fachin.

Fonte: O Antagonista

Related posts
Notícias

Governo do Acre abre licitação de pregão eletrônico para aquisição de equipamentos

O Governo do Acre abre licitação de pregão eletrônico nº 202/2022, por Sistema de Registro de…
Read more
Notícias

Presidente do TJ-BA proíbe compra de itens de luxo em licitações

Tapetes persas, carros de luxo e diárias em hotéis suntuosos, ao que tudo indica, podem ter ficado…
Read more
Notícias

Prefeitura de Londrina tenta pela 3ª vez contratar empresa para terminar obras na UBS da Vila Fraternidade

A Prefeitura de Londrina publicou nesta semana a licitação para conclusão da obra da UBS (Unidade…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *