Notícias

Polícia Federal investiga fraude em licitação para compra de merenda escolar


Os contratos firmados com três empresas fornecedoras alcançam aproximadamente R$ 2 milhões

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira, 30/06, a Operação Food Education – Fase 2, para dar cumprimento a 6 Mandados de Busca e Apreensão expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região, nos Municípios de Florínea/SP, Pedrinhas Paulista/SP e Cruzália/SP.

O objetivo é o aprofundamento das investigações referentes a fraudes em procedimentos licitatórios realizados para aquisição de gêneros alimentícios, carnes e frios para a merenda escolar do Município de Florínea/SP.

A investigação teve início a partir de denúncia de irregularidades nas notas fiscais emitidas pelos fornecedores, contendo itens não utilizados na merenda escolar, ou em quantidades excessivas ou, ainda, em decorrência de aquisições e emissões de notas fiscais em períodos de férias escolares.

No transcurso da investigação, corroborando com a denúncia formulada, adveio relatório do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo entendendo serem parcialmente procedentes as denúncias formuladas.

A Fase 1 da Operação Food Education foi deflagrada em 2021, quando foram cumpridos 4 mandados de busca e apreensão em Florínea/SP e Maracai/SP.

Da análise do material apreendido na primeira fase, reforçou-se a presença de indícios de fraude à licitação e corrupção, o que tornou necessária a representação por novas medidas de busca e apreensão e o consequente avanço nas investigações.

Comunicação Social – Polícia Federal em Marília/SP

(Fonte: Gov.br)

Related posts
Notícias

Prefeitura anuncia licitação para construção de escolas e terminal no Subúrbio

Duas escolas e um terminal de ônibus serão construídos no Subúrbio Ferroviário de Salvador, as…
Read more
Notícias

Agenda Celic tem 29 licitações entre 15 e 19 de agosto

A tomada de preços para obras na Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ), prevista para as 14h de…
Read more
Notícias

Tribunal de Justiça proíbe Prefeitura e Câmara de ceder área ou bem público sem licitação

A lei é de 2003, da gestão do ex-vereador Gerson Furquim; cabe recurso O desembargador Vianna…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *