Notícias

Operação da PF investiga supostas fraudes em licitações, corrupção e desvios de recursos públicos em município do RN

Operação Guaraíras cumpre mandados de busca e apreensão em Natal e Vera Cruz nesta sexta-feira (5).

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (5), a 2ª Fase da Operação Guaraíras, que apura fraudes em licitações promovidas pela prefeitura de Vera Cruz, além de supostos atos de corrupção e desvios de recursos públicos.

De acordo com a corporação, cerca de 21 policiais federais cumprem cinco mandados de busca e apreensão em Natal e no município de Vera Cruz. Dois na capital e três no município.

Em nota, o prefeito Marcos Cabral afirmou que as buscas tinham foco em documentos licitatórios referentes ao ano de 2018. Em nota, o município afirmou que “todos os processos foram realizados dentro dos parâmetros legais não havendo qualquer ilicitude ou algo comprometedor”, em relação ao prefeito ou ao pregoeiro do município.

“Oportunamente ficará demonstrado durante a investigação que nenhuma irregularidade foi cometida por parte do Sr. Marcos Cabral ou de qualquer outro servidor do município de Vera Cruz-RN. É importante citar que a investigação versa majoritariamente sobre conluio de empresas em licitações, nada que tenha relação direta com a Prefeitura de Vera Cruz”, disse em nota.

De acordo com a PF, a operação teve início com a notícia de que um engenheiro civil, já processado e condenado por fraudes em licitações e desvios de recursos pela Justiça Federal, continuava praticando crimes.

Com o prosseguimento das diligências, a PF afirmou que as suspeitas foram confirmadas e foi possível identificar dois grupos distintos que agiam no estado fraudando licitações, seja para obras de engenharia ou para o serviço de transporte escolar.

“Objetivando instruir as investigações, no dia 18 de setembro de 2018, foram cumpridos mais de 30 mandados de busca e apreensão nas cidades de Natal, Paramirim, Macaíba, Arês, Passagem, Pedra Grande, Lagoa D’anta, Campo Grande, Goianinha, Monte Alegre, Lagoa de Pedras e Currais Novos, sendo que, após análise do material apreendido, novas condutas criminosas foram identificadas, desta feita, na prefeitura de Vera Cruz/RN, razão pela qual houve a necessidade da instauração de um novo inquérito policial e de se fazer representação por busca e apreensão ao Tribunal Regional Federal da 5ª Região”, informou a PF.

De acordo com a PF, as buscas realizadas nesta sexta-feira (5) são para reunir provas dos delitos sob apuração e apreender valores desviados.

Fonte: G1
Related posts
Notícias

Teresópolis abre licitação para o serviço de captura e guarda de animais soltos em vias públicas

A Prefeitura de Teresópolis marcou para o dia 28 de junho a concorrência pública 001/2021, para…
Read more
Notícias

Aberta licitação para construção de unidades de saúde em Dourados

Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul) abriu licitação para a construção de…
Read more
Notícias

Cade condena seis empresas por formação de cartel em licitações públicas

Práticas anticompetitivas, como formação de cartel em licitações públicas, são passíveis…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *