Notícias

Operação contra grupo suspeito de fraudar licitações cumpre mandados de busca e prisão em GO, SP e DF e bloqueia bens

O Ministério Público de Goiás (MP-GO) realizou na manhã desta terça-feira (6) a operação Sócio Oculto, com o objetivo de comprovar a existência e desarticular uma suposta organização criminosa que teria atuado desde 2013 para fraudar licitações e desviar recursos públicos em cidades goianas. A Justiça determinou bloqueio de R$ 25 milhões em bens.

Em um dos endereços, policiais militares e agentes do Gaeco estiveram em uma galeria comercial na rua T-38, do Setor Bueno, em Goiânia. Os agentes fecharam o centro comercial durante o cumprimento dos mandados.

São cumpridos 34 mandados de busca e apreensão e seis de prisão temporária em:

Os mandados foram expedidos pelo juiz Alessandro Pereira Pacheco, titular da 2ª Vara Estadual de Combate às Organizações Criminosas. O MP ainda não detalhou em quais cidades são cumpridos os mandados de prisão e quem são os investigados.

Segundo o Gaeco, o magistrado também determinou o bloqueio de bens dos investigados, de forma gradativa e proporcional ao suposto envolvimento no esquema criminoso em investigação, até o valor de R$ 25 milhões.

A ação é conjunta com os grupos de combate ao crime organizado do Distrito Federal (DF) e de São Paulo (SP), que também cumprem mandados, e tem apoio das polícias Civil e Militar de Goiás.

(Fonte: G1)

Related posts
Notícias

Agepar aprova edital de licitação dos pátios de veículos

O Conselho Diretor da Agepar (Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná)…
Read more
Notícias

TJ dispensa licitação para comprar R$ 124 mil em tapetes

Compras – Sem licitação, o TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) vai gastar R$…
Read more
Notícias

Divisão de Licitação da Prefeitura é destaque após atingir resultados positivos divulgados pela BLL com economia de quase R$ 6 milhões aos cofres públicos

Uma excelente notícia chegou ao prefeito Luis Henrique Moreira na quarta-feira, dia 22 de setembro…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *