Notícias

Nova proposta de licitação para coleta do lixo em Natal é de R$ 361 mi

Projeto básico do edital foi apresentado nesta terça pela direção da Urbana. Expectativa da prefeitura é encerrar o processo licitatório em 7 de janeiro.

O projeto básico do novo edital de licitação para a escolha das empresas que realizarão os serviços de coleta de resíduos sólidos na capital potiguar foi apresentado na manhã desta terça-feira (9) pela diretoria da Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana), em audiência pública realizada no auditório da OAB/RN. Pela proposta, o valor para a execução dos serviços nos três lotes previstos ficou em R$ 361 milhões, com os contratos tendo um período de vigência de 5 anos.

 

O edital foi divido em três lotes. O primeiro contempla os serviços nas Zonas Norte e Oeste e tem o valor estimado de R$ 166 milhões nos cinco anos. O segundo cobre as Zonas Sul e Leste e tem o valor de R$ 137 milhões. O terceiro, no valor de R$ 57 milhões, ficará com a aquisição de equipamentos e a administração da estação de transbordo. Segundo o presidente da Urbana, Jonny Costa, houve um acréscimo de 7% em relação ao último edital apresentado, pois foram levados em consideração os reajustes da inflação do período e o salário da categoria.

 

Após a realização dessa primeira audiência, os interessados em sugerir algum aprimoramento ao projeto básico devem apresentar as suas sugestões até o próximo dia 26 de setembro, já que o projeto do edital final será apresentado em uma segunda audiência no dia 30 de setembro.  O edital consolidado será publicado no Diário Oficial do Município e as empresas têm 30 dias para retirar as propostas. A etapa seguinte é a abertura dos envelopes para habilitação das companhias que irão participar da licitação. A previsão é de que isso ocorra no dia 28 de novembro. No dia 19 de dezembro, a Urbana irá abrir as propostas orçamentárias apresentadas pelas empresas e a homologação das novas prestadoras dos serviços de limpeza pública em Natal deve acontecer no dia 7 de janeiro.

 

Jonny Costa explicou que esse valor de R$ 361 milhões é o limite e as propostas apresentadas não podem ultrapassar esse custo. Para ele, esse é o maior diferencial em relação ao último certame licitatório, uma vez que naquela oportunidade as empresas interessadas não respeitaram o valor estimado e entregaram propostas com números muito acima do mercado. Ele disse ainda que, desta vez, todo o processo deverá ter um desfecho no calendário previsto. “Fizemos um estudo criterioso com o acompanhamento dos órgãos de fiscalização e controle do Estado e temos a convicção de que todos os prazos serão respeitados”.

 

O edital também prevê que o pagamento das empresas não será mais feito por peso coletado, mas sim pelo serviço prestado, exceto o de coleta domiciliar, que vai continuar com o pagamento vinculado ao peso do que for recolhido. Para melhorar o sistema de fiscalização, todos os veículos e equipamentos terão um GPS integrado. Os serviços de coleta seletiva e o fortalecimento da limpeza das praias estão contemplados no documento.

 

Atualmente, a Urbana opera com 100 veículos, 1.200 empregados efetivos do órgão e 400 trabalhadores terceirizados. Com a aprovação do planejamento da nova licitação, a frota para atender a cidade passará para 200 veículos e o número de agentes de limpeza subirá de 200 para 700, todos atuando em conjunto com os funcionários da Urbana.

 

(Fonte: G1)

Related posts
Notícias

Guardas de Curitiba receberão mais de mil pistolas calibre 9mm

A Secretaria Municipal de Defesa Social e Trânsito vai adquirir 1.053 pistolas calibre 9 mm para os…
Read more
Notícias

Licitação dos transportes de Curvelo (MG) não tem propostas

Prefeitura deve lançar nova concorrência A licitação dos transportes da cidade de Curvelo, em…
Read more
Notícias

Publicada a licitação para Terminal de Passageiros do Novo Aeroporto Regional de Sobral e obras de pista e acesso avançam

Iniciadas há pouco mais de dois meses, as obras de construção do Novo Aeroporto Regional de…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *