Notícias

MPE ingressa com ação de improbidade administrativa contra presidente da Câmara de Goianorte, dois vereadores e secretário por fraude à licitação

Ação do Ministério Público (MPE) pede a condenação por improbidade administrativa do presidente da Câmara de Goianorte, Amadeu Carvalho de Souza, dos vereadores Adlai Adriel Morais da Silva e Cleiton Pereira da Silva; do secretário municipal da Saúde, José Helenilson Resplande, da empresa Clean Multiserviços, além de servidores. A Promotoria de de Justiça de Colméia os acusam de fraudar procedimento licitatório destinado à aquisição de uma camionete de R$ 70 mil reais.

Licitação para aparentar legalidade

O inquérito apurou que o veículo pertencia à José Helenilson e foi vendido à empresa Clean Multiserviços apenas um dia antes da licitação, ocorrida no dia 30 de novembro de 2017. Segundo a ação, o processo licitatório foi realizado apenas com intuito de aparentar legalidade, já que a documentação do pregão sequer continha a documentação do veículo que estava sendo adquirido pelo Poder Público, não havia o histórico do veículo emitido pelo Departamento de Trânsito (Detran), nem a comprovação de atendimento aos requisitos das normativas do Contran e, principalmente, a avaliação da comissão específica antes da adjudicação.

Veículo inviável e inservível um ano depois

Responsável pela ação, o promotor Rogério Rodrigo Ferreira Mota comentou o caso. “Tal ausência de documentos deu-se por uma razão muito simples: até o dia anterior ao certame, especificamente até às 17h57min58seg, o veículo em questão estava vinculado a José Helenilson, e da noite para o dia não houve tempo hábil de se providenciar tais trâmites”, alegou. Conforme o MPE, também foi surpreendente o fato de que após um ano da aquisição do bem, o veículo foi vendido em leilão ao valor de R$ 37 mil, sob alegação da Casa de Legislativa de que era inviável e inservível.

(Fonte: coluna do CT)

Related posts
Notícias

Bayeux tem 90 dias para fazer nova licitação de coleta do lixo

A 1ª Câmara do Tribunal de Contas da Paraíba determinou, nessa quinta-feira A 1ª Câmara do…
Read more
Notícias

Concursos DF: FCC proibida de fazer provas por dispensa de licitação

A banca Fundação Carlos Chagas (FCC), uma das maiores organizadoras do país, está proibida de…
Read more
Notícias

No Egito, Gasc compra 175 mil toneladas de trigo russo em licitação

Londres, 27 – A agência estatal de grãos do Egito, conhecida como Gasc, comprou 175 mil…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *