Notícias

Governo lança licitação de projeto do Sistema Seridó no RN

A perspectiva é que o projeto esteja concluído até o final de 2022

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) divulgaram, nesta quinta-feira (26), a abertura de licitação para a construção do Sistema Seridó, no Rio Grande do Norte (RN). O certame vai selecionar a empresa que vai elaborar o projeto executivo e estudos complementares.

O sistema Seridó terá mais de 330 quilômetros de canais adutores com interligações entre grandes reservatórios. Serão 14 estações de bombeamento de água, três pontos de captação de água, além de estações de tratamento. Segundo estimativa do MDR, a estrutura abastecerá cerca de 280 mil pessoas em 24 municípios do Rio Grande do Norte.

O projeto será executado em duas etapas e contém 10 trechos. O Sistema Seridó Norte captará a água no Reservatório Armando Ribeiro Gonçalves, em Jucurutu (RN). O Sistema Seridó Sul levará as águas do Rio São Francisco a partir do Reservatório Oiticica.

De acordo com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, as obras devem ser iniciadas nos primeiros meses de 2021. A perspectiva do governo é que o projeto esteja concluído até o final de 2022.

“Nós esperamos começar essas obras logo após o resultado da licitação, no próximo ano, final de janeiro, início de fevereiro”, afirmou Marinho.

O sistema é uma parceria do governo federal com o governo do Rio Grande do Norte e receberá um investimento total de R$ 280,6 milhões. Desses, R$ 8,6 milhões são para o projeto executivo.

Os estudos de viabilidade técnica, econômico-financeira e ambiental e o projeto básico dos sistemas adutores do Seridó foram realizados pelo governo do RN.

Captação de água

O Sistema Seridó Norte vai captar água no Reservatório Armando Ribeiro Gonçalves, em Jucurutu (RN), e inclui cerca de 190 quilômetros de adutoras de água, implantação e/ou ampliação de oito estações de bombeamento de água, implantação de um booster e ampliação da estação de tratamento de água de Jucurutu. O aporte federal nesta fase será de R$ 177,6 milhões.

Segundo o MDR, o Sistema Seridó Sul levará as águas do Rio São Francisco, a partir do Reservatório Oiticica, para a região com a construção de 140 quilômetros de canais adutores, além da implantação de três pontos de captação de água bruta em sistema flutuante em Oiticica e nas Barragens Carnaúba e Esguicho.

Também há a previsão de investimentos para implantação de seis estações de bombeamento de água e de um booster, além da construção da ETA Ouro Branco e da ampliação da ETA Passagem das Traíras. O valor estimado para desembolso do MDR é de R$ 102,9 milhões.

Sistema Seridó deve beneficiar as seguintes cidades: Acari, Bodó, Cerro Corá, Carnaúba dos Dantas, Caicó, Cruzeta, Currais Novos, Equador, Florânia, Ipueira, Jardim de Piranhas, Jardim do Seridó, Jucurutu, Lagoa Nova, Ouro Branco, Parelhas, São Fernando, São Vicente, São João do Sabugi, São José do Seridó, Santana do Seridó, Serra Negra do Norte, Timbaúba dos Batistas e Tenente Laurentino Cruz.

(Fonte: Agência Brasil)

Related posts
Notícias

5G: Licitação que inclui os operadores presentes no mercado arranca esta quinta-feira

A fase de licitação principal do leilão 5G (quinta geração), que inclui os operadores já…
Read more
Notícias

Nove empresas irão fornecer alimentos perecíveis para as Escolas Municipais e CMEIs; Processo de escolha ocorreu por meio de licitação

O Prefeito do Município de Cascavel, Leonaldo Paranhos, assinou a homologação do processo de…
Read more
Notícias

Município dispensa licitação para a compra emergencial de EPIs

A compra de produtos por parte de um órgão público sempre é precedida pela elaboração de um…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *