Notícias

Governo desocupará faixa de rádio para telefonia rural

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, anunciou que ainda em 2011 o governo pretende colocar em licitação uma linha de comunicação para a telefonia fixa rural.

 

“Nós pretendemos desocupar, vamos chamar assim, uma faixa de transmissão de rádio que é usada hoje exclusivamente pela Polícia Federal”, afirmou. “A Polícia Federal vai comprar rádios com outra frequência e essa faixa de 459 megahertz vai ficar desocupada e nós pretendemos colocar a telefonia rural nessa faixa”, explicou Bernardo. “É uma faixa muito boa, tecnicamente todos acham que isso vai ser um avanço extraordinário e você vai conseguir colocar telefone fixo nas residências na área rural”, afirmou.

O ministro informou também que vai exigir o cumprimento das cláusulas previstas nos contratos de concessão das operadoras de telefonia celular, especialmente no que se refere a prestação de serviços em localidades distantes dos grandes certos. Ele disse que tem recebido relatos de vários estados, inclusive do Paraná, seu Estado de origem, sobre a dificuldade de comunicação com a telefonia móvel. “Nós vamos chamar todas as empresas e exigir que aquelas cláusulas que estão nos contratos de prestação de serviço sejam cumpridas rigorosamente”, afirmou Bernardo, em entrevista ao programa Bom Dia Ministro, transmitido pela NBR TV.

 

Por: Rosana de Cassia
(Fonte: Estadão Online)

Related posts
Notícias

TJ dispensa licitação para comprar R$ 124 mil em tapetes

Compras – Sem licitação, o TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) vai gastar R$…
Read more
Notícias

Agepar aprova edital de licitação dos pátios de veículos

O Conselho Diretor da Agepar (Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná)…
Read more
Notícias

Divisão de Licitação da Prefeitura é destaque após atingir resultados positivos divulgados pela BLL com economia de quase R$ 6 milhões aos cofres públicos

Uma excelente notícia chegou ao prefeito Luis Henrique Moreira na quarta-feira, dia 22 de setembro…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *