Notícias

Empresa perde em todas licitações e reforça indícios de fraude para validar orçamentos mais caros na compra da Educação

As apurações feitas pelo Sistema MPA de Comunicação mostram que os técnicos da prefeitura conseguiram a proeza de encontrar uma empresa que vende produtos bem mais caros que outras revendas. Trata-se da empresa Costa Soluções Educacionais. O interessante é que, mesmo assim, a Prefeitura pediu orçamentos a essa empresa em cinco das sete adesões feitas. Orçamentos para comprar computadores, móveis, cadeiras mesas, armários e até orçamento na adesão da ata que comprou o já famoso Playball.

E a Costa perdeu todos. Melhor para as empresas para as empresas de Anderson Teixeira e diógines Nogueira Vignoli e seus consórcios formados por eles mesmos, além, claro, do irmão de Diógines, Márcio Vignoli, dono da Conesul, isso mesmo diante da suspeita de preços já superfaturados nas atas a que a Prefeitura de Divinópolis aderiu.

Pra entender mais claramente essa situação. Basta conferir os valores. Este gaveteiro foi comprado aqui em Divinópolis e mostrado aqui no Bom Dia Divinópolis. Custou 98 reais, peço de varejo, conforme a nota fiscal. A Prefeitura de Divinópolis pagou 613 reais por um gaveteiro similar e comprando uma quantidade bem maior, 71 unidades. Uma diferença de mais de 600%.

Já na empresa Costa Soluções Educacionais custava 709 reais. Assim, a Costa Soluções validou os preços pagos, algo que merece ser investigado. Mas além delas encontramos outras empresas que forneceram orçamentos para a Prefeitura de Divinópolis, repetidamente, mas que nunca venceram. São a Solução Comércio de Móveis e a Planeta.

(Fonte: SistemaMPA)

Related posts
Notícias

Prefeitura anuncia licitação para construção de escolas e terminal no Subúrbio

Duas escolas e um terminal de ônibus serão construídos no Subúrbio Ferroviário de Salvador, as…
Read more
Notícias

Agenda Celic tem 29 licitações entre 15 e 19 de agosto

A tomada de preços para obras na Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ), prevista para as 14h de…
Read more
Notícias

Tribunal de Justiça proíbe Prefeitura e Câmara de ceder área ou bem público sem licitação

A lei é de 2003, da gestão do ex-vereador Gerson Furquim; cabe recurso O desembargador Vianna…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *