Instruções NormativasLegislação

Instrução Normativa Conjunta CSA/CECI n° 01, de 12 de março de 1998

Dispõe sobre a implantação do Cadastro de Fornecedores – CADFOR.

Dispõe sobre a implantação do Cadastro de Fornecedores – CADFOR

 

O Coordenador de Sistemas Administrativos da Secretaria da Administração e Modernização do Serviço Público e o Coordenadoria Estadual de Controle Interno da Secretaria da Fazenda, à vista do que dispõe o Decreto nº 42.604, de 9 dezembro de 1997 e o Decreto n.º 42.921, 11 de março, expedem a presente instrução:

Artigo 1º – O Cadastro de Fornecedores – CADFOR é um subsistema do Sistema Integrado de Informações Físico-Financeiras – SIAFÍSICO.

 

Artigo 2º – Toda pessoa, física ou jurídica, que pretende fornecer bens, serviços ou obras para a administração direta do Estado deverá inscrever-se no CADFOR/SIAFÍSICO.

 

Artigo 3º – A inscrição no CADFOR/SIAFÍSICO é única, ficando registradas no sistema informações relativas ao fornecedor.

 

Artigo 4º – Para fins de inscrição no CADFOT/SIAFÍSICO, o fornecedor deverá dirigir-se a qualquer órgão da administração direta do Estado, na Capital ou interior, procurando, preferencialmente pela Unidades de Compras e Licitações, as quais possuem acesso ao SIAFÍSICO.

 

Parágrafo único – Para fins de inscrição no CADFOR/SIAFÍSICO, o fornecedor deverá preencher formulário conforme anexo I e II.

 

Artigo 5º – Para fins de participação em licitações na modalidade Tomada de Preços é necessário o registro cadastral na seguinte conformidade:
obras e serviços: registro no Cadastro de Fornecedores de qualquer órgão da administração direta do Estado, que mantenha uma unidade de cadastro para este fim.
bens(materiais e gêneros alimentícios): registro cadastral o fornecedor deverá apresentar, além do formulário devidamente preenchido, os documentos previstos nos artigos 27 e 31, da Lei 8.666, de 21 de junho de 1993.

 

§ 1º – Os documentos de que trata este artigo deverão ser entregues pessoalmente junto à unidade cadastradora.
2º – Excepcionalmente, será admitido o recebimento de documentação via correio, desde que a mesma satisfaça às exigências legais e, neste caso, fica sob inteira responsabilidade do fornecedor a sua exatidão ou extravio.

 

Artigo 6º – Para fins de registro cadastral o fornecedor deverá apresentar, além do formulário devidamente preenchido, os documentos previstos nos artigos 27 a 31, da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993.

 

§ 1º – Os documentos de que trata este artigo deverão ser entregues pessoalmente junto à unidade cadastradora.
§ 2º – Excepcionalmente, será admitdo o recebimento de documentação via correio, desde que a mesma satisfaça às exigências legais e , neste caso, fica sob inteira responsabildade do fornecedor a sua exatidão ou extravio.

 

Artigo 7º – Compete à Comissão Examinadora de que trata o artigo 8º do Decreto n.º 42.921, de 11 de março de 1998, deliberar sobre os pedidos de registro cadastral de fornecedores de bens.

 

Parágrafo único – No caso de obras e serviços é de total responsabilidade da unidade cadastradora a deliberação de que trata o inciso I, do artigo 5º desta instrução.

 

Artigo 8º – A deliberação sobre o pedido de cadastramento deverá ser publicado no Diário Oficial do Estado.

 

§ 1º – A publicação de que trata este artigo produzirá os efeitos de certificação de registro cadastral, previsto no §1º do artigo 36 da Lei n.º 8.666, de 21 de junho de 1993.
§ 2º – O prazo de validade do registro cadastral é de 1 (ano), contados a partir da data de publicação e renovável sempre que atualizado.
§ 3º – A qualquer tempo poderá ser alterado, suspenso ou cancelado o registro do inscrito, de acordo com previsto no artigo 37 da Lei n.º 8.666, de 21 de junho de 1993.

 

Artigo 9º Caberá recurso da deliberação de que trata o artigo anterior no prazo de 5 dias úteis, a contar da data de sua publicação, conforme artigo 109, da Lei n.º 8.666, de 21 de junho de 1993.

 

Artigo 10º – esta instrução entrará em vigor na data de sua publicação.

Related posts
EditalLegislaçãoQuestões sobre Licitações

Subcontratação total ou parcial nos editais

AZEVEDOMOTA Em alguns editais eles já informam na Minuta Contratual que não permitem…
Read more
Especial: Nova Lei de LicitaçõesLegislaçãoLeis

LEI Nº 14.133, DE 1º DE ABRIL DE 2021

Lei de Licitações e Contratos Administrativos. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o…
Read more
Legislação

Responsabilidade da Autoridade Competente no ato de homologação

Tribunal de Contas da União Responsabilidade da Autoridade Competente no ato de homologação A…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *