Artigos

Governo do Paraná lança edital de licitação para construir Delegacia Cidadã em Maringá

O Governo do Paraná, por meio da Secretaria de Estado da Segurança Pública, lançou o edital para licitação da construção de uma nova Delegacia Cidadã em Maringá. A obra tem padrão moderno de construção, e possui um orçamento inicial estimado de 7 milhões e 700 mil reais. A Delegacia vai ter área total de 1.791 metros quadrados. Os recursos para a obra são do BID, Banco Interamericano de Desenvolvimento.

A Delegacia Cidadã reúne diversas especialidades da Polícia Civil em um único local, centralizando os serviços para a população. Além disso, prevê espaços para atendimento seletivo às vítimas e agressores, em ambientes isolados para crianças, adolescentes, mulheres e idosos, e também inclui salas para advogados e para a Polícia Militar.

O objetivo do edital é escolher a proposta mais econômica para a execução da obra. Elas devem ser entregues na avenida Iguaçu, 420, 6º andar, Bairro Rebouças, em Curitiba, até as nove e meia da manhã do dia 13 de janeiro, acompanhadas de Declaração de Garantia de Proposta. Os envelopes vão ser abertos, imediatamente, na presença dos interessados que desejem assistir à cerimônia de abertura, que vai ser transmitida também pelo canal da Paraná Edificações.

O concorrente pode apresentar proposta individualmente ou como participante de um um acordo comercial ou consórcio. Os interessados podem obter mais informações pelo telefone (41) 3221-6118.

(Fonte: Maringá Post)

Related posts
Artigos

Aspectos criminais da nova Lei de Licitações

A Lei n° 14.133/2021, de 1º de abril deste ano (Nova Lei de Licitações, NLL), estabeleceu novas…
Read more
Artigos

Atestado acompanhado de contrato ou notas fiscais. Diligência.

De forma recorrente venho manifestando meu posicionamento sobre a ilegalidade de a Administração…
Read more
ArtigosNotícias

Assinado acordo entre estado e MPSC sobre transporte intermunicipal: 3 anos para licitação

Um acordo firmado nesta sexta-feira (8/10) entre o Governo do Estado e o Ministério Público de…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *