Uncategorized

MP pede afastamento de secretário Huark e a anulação de licitações com a Proclin

Ministério Público Federal em Mato Grosso (MPF-MT) emitiu duas recomendações, esta semana, direcionadas à Prefeitura de Cuiabá relacionadas à Empresa Cuiabana de Saúde Pública, a Sociedade Mato-grossense de Assistência em Medicina Interna (Proclin) e à Qualycare, assim como também ao atual secretário municipal de Saúde Huark Douglas Correia.

As firmas e o secretário são investigados na Operação Sangria, deflagrada nesta terça pela Delegacia Fazendária (Defaz) e foram alvos de 11 mandados de busca e apreensão. Pela manhã, agentes e peritos recolheram documentos em computadores e papéis comprobatórios de esquema na saúde. A Defaz pediu a prisão de Huark, mas isso foi negado pelo Judiciário.

(Fonte: RD News)

Related posts
Uncategorized

Tribunal de Justiça de SC anuncia licitação para compra de café, leite e açúcar

Por falar em cafezinho no poder público, o TJ-SC (Tribunal de Justiça) realiza às 13h do dia 8 de…
Read more
Modalidades de LicitaçãoQuestões sobre LicitaçõesUncategorized

Prazo para homologar o processo – razoabilidade

Venci um processo licitatório, contudo este processo encontra-se na fase de…
Read more
NotíciasUncategorized

Abertas inscrições para curso de Licitações e Contratos Administrativos

Servidores interessados em conhecer ou saber mais sobre as diversas modalidades e tipos de…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *