Notícias

Suspensa há um mês, licitação para revitalizar Convivência tem prazo de retomada indefinido

Espaço cultural em Campinas está fechado desde 2011 e obras estão estimadas em R$ 40 milhões. Interrupção ocorreu após administração questionamentos técnicos de empresas.

A retomada do processo de licitação para revitalizar o Centro de Convivência, em Campinas (SP), tem prazo indefinido, de acordo com a Prefeitura. A suspensão já completou um mês e ocorreu após a administração municipal receber questionamentos técnicos ao longo do processo.

O espaço, localizado no Cambuí, está fechado desde 2011 em virtude de problemas estruturais. A administração diz que precisa esclarecer as contestações, antes da continuidade, para evitar risco de impugnação. “Uma nova data será divulgada em tempo oportuno”, informa nota da assessoria.

Impasse
O edital lançado em janeiro previa término da concorrência em 12 de fevereiro. Antes da suspensão, o município já havia adiado o prazo para 15 de abril, após indagações de empresas interessadas na revitalização serem encaminhadas para a Secretaria de Administração.

“São dois questionamentos relacionados a itens de planilhas e um sobre informações adicionais do projeto. Diante disso, para não haver risco de impugnação, a Prefeitura suspendeu a concorrência até o completo esclarecimento de todos”, informou o Executivo, em abril.

Até o início do processo, as obras estavam estimadas em R$ 40 milhões, por meio de um convênio definido entre município e governo do estado em abril do ano passado. A Prefeitura, contudo, admitiu na ocasião que não era possível estimar se o valor da obra, de fato, será mantido.

Ao G1, no início do ano, o secretário de Cultura, Ney Carrasco, afirmou que as obras começariam após a definição. O projeto do Convivência inclui todo complexo: o Teatro de Arena Teotônio Vilela, as salas Carlos Gomes e de Espetáculos Luís Otávio Burnier, além das galerias Aldo Cardarelli, Bernardo Caro e C. São cerca de 6 mil metros quadrados e os trabalhos devem durar dois anos.

Origem dos R$ 40 milhões
O convênio ocorreu após a Prefeitura suspender o plano de construir um teatro de ópera no Parque Ecológico, em meio aos reflexos provocados pela crise econômica nacional. Com isso, o investimento antes previsto em R$ 80 milhões foi ajustado para contemplar a estrutura no Cambuí.

A revitalização prevê resgate das características originais do teatro e inclui acessibilidade, implementação de novas tecnologias em equipamentos e na acústica, além da ativação do fosso nunca usado em virtude de falhas de planejamento e infiltração, segundo a Secretaria de Cultura.

Histórico
O Teatro do Centro de Convivência foi projetado para receber espetáculos variados de encenação, dança, palestras, simpósios, conferências e exposições. O fechamento foi em dezembro de 2011.

O local apresentava goteiras, fiação elétrica exposta e risco aos frequentadores. Ao longo do tempo, a Prefeitura fez uma série de avaliações técnicas, mas nunca houve reforma completa e estrutural.

Inaugurado em setembro de 1976, o espaço é um dos patrimônios arquitetônicos da cidade. Após a interdição em 2011, ele chegou a ser reaberto parcialmente entre janeiro e fevereiro de 2012 para a Campanha de Popularização do Teatro. Além disso, recebeu um concerto da Orquestra Sinfônica de Campinas no Teatro de Arena, em dezembro de 2014, após testes de resistência na estrutura.

(Fonte: G1 Campinas e Região)

Related posts
Notícias

Licitação escolherá banco para administrar folha do Ipassp

Segundo o Instituto de Previdência dos Servidores, o processo será aberto dia 23 de setembro O…
Read more
Notícias

Após denúncia, licitação para administrar frota municipal por meio de software é suspensa

Suspensão deve permanecer até pontos questionados serem resolvidos e Corte de Contas se manifestar…
Read more
Notícias

TCE suspende licitação da Sesp para locação de banheiros químicos da Operação Verão

Foi suspenso, por medida cautelar do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), o Pregão…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *