Notícias

Ordem de serviço para obras na BR-101 só deve sair em agosto

O vencedor da licitação e responsável por executar a obra, é o Consórcio Natal Parnamirim, constituído pelas empresas A Gaspar e Geotec. 

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) tem novo prazo para emitir a ordem de serviço para as obras complementares da BR-101: o início do mês de agosto deste ano. A última previsão era para maio do ano corrente. O serviço que promete dar agilidade no tráfego nas imediações de Natal e Parnamirim está hoje em fase de contratação. Nesta próxima terça-feira (8) as empresas vencedores deverão assinar contrato com o DNIT.

 

A obra consiste na ampliação e restauração das marginais da BR-101 da altura do Viaduto de Ponta Negra, em Natal, até próximo a RN-066 (Estrada de Pium), em Parnamirim – uma extensão de 10 km. Prevê a construção de seis viadutos nos cruzamentos ao longo da via federal, cinco passarelas, instalação do sistema de drenagem, e uma passagem de nível superior na Av. Das Alagoas, em Neópolis – Natal.

 

O vencedor da licitação e responsável por executar a obra, é o Consórcio Natal Parnamirim, constituído pelas empresas A Gaspar e Geotec. Há cerca de quinze dias foi encerrada a licitação da obra no valor de R$ 143 milhões. A licitação foi no Regime Diferenciado de Contratação. Segundo Walter Fernandes, diretor do DNIT, o valor ficou 8% abaixo do que previsto pelo Departamento. A previsão é que a partir da assinatura do contrato, em até vinte dias seja dada a ordem de serviço. “Até terça-feira estamos fechando o contrato. Daí a empresa vai nos entregar o seguro de risco, e vamos ter vinte dias para assinar a ordem de serviço”, garante Walter Fernandes.

 

Atualmente, o projeto está percorrendo trâmites burocráticos. Como, por exemplo, a preparação do seguro de risco da obra – um tipo de garantia adicional. Dada a ordem de serviço, no início de agosto as empresas deverão elaborar o projeto executivo, ação esta que deverão realizar em três meses. A partir de então, de imediato, segue a execução da obra. A empresa terá vinte e um dias para fazer a obra.

 

O objetivo do serviço, principalmente, é dar fluidez ao trânsito na via federal que serve como entrada para a cidade do Natal. Os seis viadutos anularão cruzamentos de avenidas com a BR-101, que hoje são possibilitados por semáforos. Dos seis, apenas um é em Natal, que ficará localizado em Neópolis, próximo a parada interestadual. Os outros cinco serão em Parnamirim, como exemplo, no encontro da Av. Everaldo Breves que serve de acesso ao centro do município.

 

Os viadutos serão elevados em referência ao nível da pista, no sentido da via federal, de maneira que   nenhum deles corte a BR-101. Para se direcionar aos bairros, os condutores passarão por um túnel por debaixo do viaduto.

 

O complemento das marginais também ampliarão o número de faixas para percorrer o trecho de mais 10 km a ser reformado, além de facilitar a entrada e saída dos bairros ao longo da via. Em alguns locais, como na altura do bairro de Emaús, em Parnamirim, e na região de Neópolis, já próximo ao Viaduto de Ponta Negra, as marginais ainda estão incompletas, em barro.

 

“Até terça-feira estamos fechando o contrato. Daí a empresa vai nos entregar o seguro de risco, e vamos ter vinte dias para assinar a ordem de serviço”, explica Walter Fernandes.

 

(Fonte: Tribuna do Norte)

Related posts
Notícias

A influência da Lei 13.655/2018 na revogação de licitações

A licitação preordena-se a distintas finalidades. Um de seus objetivos[1] clássicos é alcançar…
Read more
Notícias

Prefeitura abre licitação de R$ 3 milhões para iluminação de avenidas em Alta Floresta

A prefeitura de Alta Floresta abriu procedimento licitatório para contratar a empresa que vai…
Read more
Notícias

MP cumpre mandados de busca e apreensão por fraudes em licitação em Limoeiro

Quatro empresas são alvo da investigação que está em fase inicial. Os contratos são na área de…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *