Notícias

Licitação para melhorias nos morros sai nesta quarta-feira em Santos

Prefeito Paulo Alexandre Barbosa afirma que este será o maior pacote de investimentos em mobilidade nessas regiões dos últimos anos

A Prefeitura de Santos analisa na tarde desta quarta-feira (9) as propostas das empresas interessadas em realizar obras de mobilidade urbana nos morros da Nova Cintra, Vila Progresso, São Bento e Fontana. As intervenções fazem parte da quinta etapa de instalação de corredores de ônibus, fase complementar do Programa Nova Entrada da Cidade. A expectativa é que os trabalhos sejam iniciados em janeiro de 2020.

A intervenção prevê serviços de terraplenagem e geotecnia em 20 vias, com custo estimado em pouco mais de R$ 16,13 milhões. Pelo cronograma da Prefeitura, a ação deverá ser executada em 24 meses após assinatura do contrato. A previsão é de que em dezembro o processo de licitação seja encerrado.

“Este será o maior pacote de investimentos em mobilidade nos morros dos últimos anos”, afirma o prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB).

São previstos recapeamento de 6,5 quilômetros de vias, calçadas, instalação de guias, sarjetas, bocas de lobo e 29 pontos de ônibus. Também a troca da iluminação por LED.

Duplicação

A intervenção mais significativa é a descida da Rua Rubião Junior e Avenida Nossa Senhora do Monte Serrat, próximo da gruta do Fontana (perto da região da antiga Santa Casa). A via será alargada a fim de possibilitar o transporte coletivo por vans nos dois sentidos.

Para isso, o projeto prevê obras de contenções em 50 metros e uma estrutura elevada, bem como complementos de terraplenagem e pavimentação.

Na Avenida Santista, além da pavimentação e dos novos passeios, serão executadas melhorias na drenagem com implantação de cinco caixas em concreto armado e 50 metros de tubo de concreto, com um metro de diâmetro. São previstas ações ainda na Avenida Brasil, na Vila Progresso; Rua São Roque e avenidas Nossa Senhora da Assunção, São Cristóvão e Nossa Senhora do Monte Serrat, no São Bento.

Beneficiados

Cerca de 17 mil pessoas, conforme dados do IBGE, serão beneficiadas com as intervenções. A obra tem financiamento do Governo Federal, via PAC 2 – Mobilidade Médias Cidades Programa Pró-Transportes.

(Fonte: A Tribuna)

Related posts
Notícias

Abertura das propostas da licitação do Parque Vila Velha terá transmissão ao vivo nesta quarta

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, e o Instituto Ambiental do…
Read more
Notícias

Prefeitura de Três Lagoas abre licitação para restauração da Maria Fumaça

Depois de restaurada, a Maria Fumaça deve permanecer na região da antiga estação ferroviária A…
Read more
Notícias

Pela segunda vez, prefeitura tenta dar uso a espaços embaixo de viadutos

Administração lançou nova consulta pública para encontrar empresas interessadas em explorar…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *