Notícias

Kartódromo Ayrton Senna está liberado para obras de revitalização

A licitação para obras no Kartódromo Ayrton Senna teve autorização para continuar, após decisão do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF). O processo estava suspenso pela antiga Secretaria de Projetos Estratégicos desde 2018, para passar por ajustes na modelagem. O projeto prevê a reforma e a modernização do espaço por meio de uma concessão de obra pública com duração de 30 anos e possibilidade de prorrogação por mais cinco. O valor do contrato é de R$ 13,4 milhões.

A decisão do TCDF saiu na quarta-feira (23/9) e liberou a continuidade da licitação devido à perda de objeto, pois o certame anterior havia sido interrompido. O projeto será levado adiante pela Secretaria de Esporte e Lazer, incluindo o kartódromo, na região do Complexo Esportivo e de Lazer (Cave), ao lado da Feira do Guará; o Estádio Antônio Otoni Filho; o Ginásio de Esportes; e o Clube Vizinhança.

No caso da pista de corrida, a empresa vencedora terá de seguir todas as recomendações técnicas para homologar a licença da Confederação Brasileira de Automobilismo. Se tudo ocorrer como planejado, o kartódromo poderá receber competições regionais, nacionais e internacionais.

Com a continuidade do processo licitatório, a Secretaria de Esporte e Lazer vai definir nova data de publicação do edital no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF). O projeto passava por modificações na Secretaria de Projetos Especiais (Sepe) desde o início do governo de Ibaneis Rocha (MDB), mas o tema estava em discussão desde 2016. O Cave esteve no centro de polêmicas devido a problemas relacionados à violência e ao funcionamento indevido de estabelecimentos comerciais.

A construção do Kartódromo Ayrton Senna ocorreu em 1974 e o local deu oportunidade para o surgimento de nomes do automobilismo, como o de Nelson Piquet. Ao menos outros 20 projetos de parcerias público-privadas estão sob avaliação do Governo do Distrito Federal (GDF). Veja o que está previsto entre as obras do projeto de reforma e modernização:

-Oito áreas para lazer, entretenimento e alimentação no Pontal do Cave;
-Um restaurante/bar nas dependências do kartódromo;
-Quatro lojas para comercialização de produtos e serviços voltados à prática do kartismo;
-Quatro oficinas especializadas na preparação de motores e karts para competições.

Fonte: Correio Braziliense

Related posts
Notícias

Frical promete ônibus de graça e nova licitação no transporte coletivo em Várzea Grande

Candidato a prefeito de Várzea Grande, o empresário Flávio Frical (PSB) disse que vai implantar…
Read more
Notícias

Lençóis Paulista: TJ condena quatro por contrato sem licitação

Ex-prefeita e ex-diretor terão de pagar multa civil; pena para empresa e empresária é proibição…
Read more
Notícias

Ministério Público de Contas pede anulação da licitação do Aeroporto de Chapecó

Parecer de 45 páginas cita possível acesso a informações privilegiadas no certame por parte da…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *