Notícias

Intransigência da Agecopa levanta suspeitas

Demonstrando descaso com opiniões de diferentes instituições, principalmente as da Assembleia Legislativa, a diretoria da Agecopa insiste implantar na capital o modelo Rede Estrutural de Eixos de Transporte Rápido de Cuiabá e Várzea Grande.

 

Cuiabá – Demonstrando descaso com opiniões de diferentes instituições, principalmente as da Assembleia Legislativa, a diretoria da Agecopa insiste implantar na capital o modelo Rede Estrutural de Eixos de Transporte Rápido de Cuiabá e Várzea Grande, o BRT. Apressadamente, recusa-se a analisar outras alternativas de mobilidade urbana com o argumento de que a tarifa, no caso do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), será muito alta. No entanto, a Agecopa não considera estudos que apontam que a tarifa não será superior à do BRT.

O presidente da Agecopa, Yênes Magalhães, já encaminhou à Superintendência Regional da Caixa Econômica Federal, em Mato Grosso, os projetos relativos ao BRT. Na terça-feira, 28, o governador Silval Barbosa deverá reunir-se com os deputados estauais para discutir a alteração no modelo de gestão da Agecopa, já aprovado em primeira votação na semana passada. Com a alteração, a gestão deixa de ser colegiada e o presidente será o ordenador de despesas e estará diretamente subordinado ao governador.

Mesmo em meio a esta discussão, o presidente Yenes Magalhães encaminha o projeto do BRT à CEF. Na semana passada, na Câmara Municipal, declarou que a licitação será aberta em uma semana. A partir de agora todos os projetos serão analisados pela área técnica da CEF, que vai financiar a implantação do BRT conforme contrato assinado com o governo do Estado em setembro de 2010.

A quem interessa tanta pressa?

A Auto Sueco, concessionária da Volvo em Mato Grosso, foi apontada pela Delegacia Fazendária como uma das oito empresas envolvidas no esquema liderado pelo ex-secretário de Infraestrutura Vilceu Marchetti e que resultou no superfaturamento de R$ 44 milhões na aquisição de 705 maquinários pelo governo do Estado para o Programa Mato Grosso 100% Equipado.

Esta mesma empresa já confirmou para quarta-feira (30) a apresentação do ônibus para empresários e sociedade. O evento será marcado por um café da manhã, às 9h, no Hotel Holiday, na Avenida Miguel Sutil.

Técnicos do VLT sofrem ameaças

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado José Riva, fez uma declaração inquietante e preocupante durante solenidade de posse do novo presidente da Associação Matogrossense dos Municípios (AMM). Riva disse que procurou os técnicos responsáveis pelo estudo de viabilidade do VLT em Cuiabá para saber do andamento do mesmo ‘Eles disseram: Não dá para trabalhar ai. A pressão é muito grande. É difícil trabalhar sob ameaças’, foi a resposta obtida.

José Riva não entrou em detalhes sobre de quem partiram as ameaças. No entanto, é evidente que só podem ter sido setores interessados na implantação do BRT. Tudo leva a crer que está em curso um poderoso ‘lobby’ junto aos diretores da Agecopa. Tão grande é a pressão que os diretores da Agecopa parecem ter urticárias ao mencionar o VLT.

Hora de abrir os olhos

O cenário sugere que algo de muito podre pode estar em curso. Isto significa que o projeto de modilidade urbana pode ficar seriamente comprometido, inviabilando a conclusão das obras no prazo determinado pela FIFA. Se isto acontecer, Cuiabá e Mato Grosso passarão por mais uma grande vergonha, mas desta vez diante do planeta.

É preciso que os poderes e instituições públicas e privadas fiscalizem com lupa e investiguem possíveis irregularidades. Para se ter uma ideia, uma fonte do Caldeirão Político na Delegacia da Polícia Fazendária revelou que o IBRAPE (Instituto Brasileiro de Avaliação e Perícias) estaria reparando uma ação para cobrar esclarecimentos da Agecopa, que teria desconsiderado a avaliação feita por aquele. De acordo com o IBRAPE, a Agecopa ignorou o alerta sobre empresas inidôneas, sem credibilidade, informa a fonte.

Por: Cícero Henrique
(Fonte: Caldeirão Político)

Related posts
Notícias

Conselho aprova PPP da Sanesul e licitação sai ainda em 2020

Na fase de consulta pública, mais de 150 contribuições foram enviadas O Conselho Gestor do…
Read more
Notícias

Empresa vence licitação por R$ 3,8 milhões para construir prédio de atendimento do CRAS

Escala Engenharia vai construir prédio da clínica do Centro de Reabilitação de Animais…
Read more
Notícias

Flamengo e Fluminense entregam estudos em processo para licitação do Maracanã

Flamengo e Fluminense, administradores do Maracanã desde abril de 2019, querem seguir à frente da…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *