Notícias

Governo faz licitação de R$ 12,5 milhões para comprar fardas para PMs em MT

Licitação que começou em 2018 foi homologada pela Secretaria de Segurança Pública.

A Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) homologou uma licitação para a compra de uniformes para os policiais militares do estado. Os nomes das empresas que venceram o processo licitatório para fornecer gandolas, calças, cintos, insígnias, bonés e coturnos foi divulgado no Diário Oficial do dia 3 deste mês.

A licitação, na modalidade pregão eletrônico, foi lançada em novembro de 2018 e concluída em junho deste ano, para a aquisição futura e eventual, ou seja, conforme a necessidade, de uniformes e acessórios para atender aos policiais.

Na sessão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) desta quarta-feira (10), o deputado estadual Elizeu Nascimento (DC) disse ter apresentado ao secretário estadual de Segurança Pública (Sesp), Alexandre Bustamante, um requerimento solicitando o pagamento do auxílio-fardamento aos policiais militares.

Ele disse que, em 2013, foi feita a última troca de fardamento utilizado pela Polícia Militar e que em 2016 foram pagos o fardamento somente para alguns militares.

O pregão foi dividido em 48 lotes, no valor total de R$ 12.559.884.

Atualmente, os policiais adquirem as próprias fardas em locais credenciados, com uso de um sistema biométrico de identificação para evitar a comercialização irregular e possíveis fraudes.

Em 2013, a cor do uniforme mudou do azul petróleo para cinza bandeirante. A mudança ocorreu depois de 40 anos.

(Fonte: G1- Mato Grosso)

Related posts
Notícias

Câmara conclui votação de projeto que cria nova Lei de Licitações

Texto tramitava em regime de urgência desde março e agora segue para o Senado. Projeto estabelece…
Read more
Notícias

Amepi faz licitação para contratação de médico veterinário

Profissional irá trabalhar no castramóvel A Associação dos Municípios da Microrregião do…
Read more
Notícias

Vencedora da licitação para gerir consignados será conhecida dia 23

Sessão pública aconteceu na sexta-feira da semana passada Há quase três meses sem acessos aos…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *