Notícias

Governo da Bahia lança aplicativo para licitação baseado em blockchain

Os estados da Bahia e do Rio Grande do Norte vão passar a usar um aplicativo de licitação baseado na tecnologia blockchain, o SOL (Solução Online de Licitação), lançado na terça-feira (09) pelo governo baiano.

O aplicativo foi desenvolvido pelo Governo da Bahia por meio do projeto ‘Bahia Produtiva’ em parceria com o projeto ‘Governo Cidadão’ do estado do Rio Grande do Norte, tendo apoio do Banco Mundial, diz o comunicado.

De acordo com a publicação, o aplicativo será utilizado por cerca de 1.100 associações e cooperativas da agricultura no território baiano e também no estado do Rio Grande do Norte.

Baseado na tecnologia blockchain, o SOL vai facilitar os processos de compra em associações e cooperativas da agricultura familiar e projetos apoiados pelo Banco Mundial.

Eles vão aplicar a nova solução no âmbito dos projetos ‘Bahia Produtiva’, executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) e ‘Governo Cidadão’, que são financiados a partir de acordo de empréstimos entre os governos estaduais e o Banco.

Segundo o governo do Rio Grande do Norte, o estado vai usar a ferramenta digital para baratear e agilizar as compras feitas pelas associações beneficiárias do Governo Cidadão.

Licitação compartilhada em blockchain
Na Bahia, o aplicativo foi lançado na terça-feira (09) em um evento no Quality Hotel & Suites, em Salvador. O novo sistema baseado em blockchain foi desenvolvido pela empresa Caiena Tecnologia e Design.

“Editais, atas e contratos são gerados de maneira automática e as informações ficam disponíveis para que outros estados utilizem. Todas as informações sobre as licitações ficam disponíveis e armazenadas em um ambiente digital, tornando o processo seguro e transparente”, diz a nota.

Blockchain para desburocratizar
Para Josias Gomes, secretário de desenvolvimento rural do estado da Bahia, o SOL chega para desburocratizar a licitação, que para ele é um setor fundamental.

Ele disse:

“Estamos apresentando uma inovação no aspecto tecnológico e no sentido de dizer que é possível ampliar o leque de empresas que forneçam os seus produtos para a agricultura familiar. Cada vez que a gente proporciona condições para que a tecnologia esteja a serviço da agricultura familiar do Nordeste, mais nós vamos tirando o agricultor familiar do anonimato”.

Modernização do processo
O secretário de Planejamento do Rio Grande do Norte, Fernando Mineiro, disse o Nordeste e o Brasil vão ganhar muito com esse tipo de aplicativo, porque vai modernizar, facilitar e dar transparência ao processo.

Ele acrescentou:

“Vai permitir também o avanço na concorrência e trazer a tecnologia para perto daquele que produz o alimento, que alimenta esta nação”.

Eduardo Assis, diretor da Caiena, falou sobre a tecnologia e sua capacidade de garantir integridade em processos licitatórios.

“Na infraestrutura, as informações gravadas são protegidas contra alterações. Isso se traduz em segurança e avanços nos processos de auditoria, pois o auditor responsável pela licitação é capaz de verificar com facilidade se os dados registrados são compatíveis com as transações realizadas pelas partes envolvidas”.

O aplicativo já está disponível na Play Store e Apple Store. Segundo o governo da Bahia, fornecedores de todo o país podem baixar o aplicativo e se cadastrar, acessar as oportunidades em andamento e enviar suas propostas.

(Fonte: Portal do Bitcoin)

Related posts
Notícias

MP ingressa com ação civil contra prefeito de São João do Piauí por compra de combustível sem licitação

O prefeito disse ao G1 que decretou situação de emergência para fazer compras sem licitação…
Read more
Notícias

Licitação de ônibus sofre derrota no TJ

O órgão especial do Tribunal de Justiça de São Paulo confirmou na quarta-feira, 21, a decisão…
Read more
Notícias

Empresa é afastada de licitação do Ganhe o Mundo devido à relação com agência punida por dívidas

Segundo a Secretaria de Administração, medida foi tomada por causa de ligação entre sócios da…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *