Notícias

Ex-diretor diz que Hélio Costa tentou sucatear Correios

Estratégia incluía criação de empresa de aviação junto com setor privado.

 

 

O ex-diretor dos Correios Pedro Magalhães Bifano acusou o ex-ministro das Comunicações e senador Hélio Costa (PMDB-MG) de ser o “responsável por sucatear” a estatal. Em entrevista ao jornal “Folha de S.Paulo”, Magalhães afirmou ainda que a intenção de Costa era transformar os Correios em uma Sociedade Anônima (S.A.) e assim poder contratar serviços sem licitação.

“Ele (Costa) é o responsável pelo sucateamento dos Correios. Ele ficou tentando fazer Lula assinar à força aquela medida provisória dos Correios S.A.. (Era) Para sair da 8.666 (Lei de Licitações). Eles queriam que os Correios fossem sócios de empresas privadas. Era para criar uma empresa de aviação e uma de logística em conjunto com o setor privado”.

Pedro Magalhães também disse na entrevista que a redução dos investimentos nos Correios foi proposital “para mostrar que o sistema não funciona”. As dificuldades, segundo o ex-diretor, foram sentidas em vários setores, principalmente o de entrega de correspondências e encomendas. “O transporte dos Correios é muito pulverizado. Nós ficamos dois anos sem comprar carro. Faltando carro, faltando carteiro, faltando tudo. A gente pedia vaga, pedia carro, mas eles mandavam segurar”, declarou.

O ex-diretor contou que as ordens partiam do presidente dos Correios, Carlos Henrique Custódio, que muitas vezes agia “usando o nome do Hélio Costa”.

Segundo Magalhães, só após a crise envolvendo suspeitas de lobby contra a ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra, justamente em contratos com os Correios, é que a direção da estatal decidiu se empenhar em resolver os problemas de gestão. “Quando a coisa começou a apertar, quando começou a estourar a falta de carteiro, veio a crise. Aí começaram a correr para contratar carteiro, fazer concurso público”, disse.

Pedro Magalhães disse que só resolveu falar agora porque foi acusado pela direção por ter vazado para a imprensa as investigações sobre as denúncias de lobby na Casa Civil.[HÉLIO COSTA] “Um negócio que não era da minha área, do qual eu não participei. Não posso aceitar isso”, afirmou.

RESPOSTA. O senador e ex-ministro Hélio Costa foi procurado pela reportagem de O TEMPO, mas não retornou às ligações. Assessores próximos ao ex-ministro afirmaram que ele está viajando. Costa tem sido pouco visto desde que perdeu as eleições.

(Fonte: Jornal o Tempo)

 

Related posts
Notícias

A influência da Lei 13.655/2018 na revogação de licitações

A licitação preordena-se a distintas finalidades. Um de seus objetivos[1] clássicos é alcançar…
Read more
Notícias

Prefeitura abre licitação de R$ 3 milhões para iluminação de avenidas em Alta Floresta

A prefeitura de Alta Floresta abriu procedimento licitatório para contratar a empresa que vai…
Read more
Notícias

MP cumpre mandados de busca e apreensão por fraudes em licitação em Limoeiro

Quatro empresas são alvo da investigação que está em fase inicial. Os contratos são na área de…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *