Notícias

Empresa é afastada de licitação do Ganhe o Mundo devido à relação com agência punida por dívidas

Segundo a Secretaria de Administração, medida foi tomada por causa de ligação entre sócios da You Turismo e Viagens com a 2G Turismo, afastada da disputa em junho.

O governo de Pernambuco afastou mais uma empresa interessada em participar da licitação do Programa Ganhe o Mundo, que leva estudantes da rede pública para intercâmbio no exterior. Segundo a Secretaria de Administração, a medida foi tomada porque sócios da You Viagens & Turismo estão ligados a administradores da 2G Turismo, vetada da disputa por causa de dívidas com escolas canadenses.

De acordo com a Junta Comercial de Pernambuco (Jucepe), um dos sócios-administradores da You Viagens & Turismo é administrador da 2G Turismo, que já tinha sido impedida, em 27 de junho, de se habilitar para processos licitatórios do Ganhe o Mundo.

Ainda de acordo com a Junta Comercial, a 2G Turismo foi criada em 2009 e teve como sócio, até maio de 2019, Gladson José Alves do Nascimento. Atualmente, de acordo com o órgão, os sócios são Maria Glauce e Luiza Trajano. Gladson aparece como administrador, mas não é sócio da empresa.

Conforme a Jucepe, a You Viagens & Turismo foi criada em 2010. Jameson Pereira do Nascimento e Gladson Alves do Nascimento são sócios-administradores desde 2018.

Por meio de nota, a Secretaria de Administração de Pernambuco (SAD) informa que empresa You Viagens e Turismo Ltda foi afastada do processo de seleção para a edição 2019/2020. Segundo a pasta, a decisão se baseou em um encaminhamento feito pela Procuradoria-Geral do Estado (PGE).

A procuradoria recomendou que a secretaria adotasse providências preventivas contra a You Turismo. Essa medida, segundo a SAD, estende o impedimento de participar de licitações, já imposto à 2G Turismo e Eventos Ltda pela Secretaria de Educação de Pernambuco (Seduc).

Ainda segundo a SAD, a orientação foi feita por causa da vinculação entre os “proprietários de fato” da You Viagens e Turismo Ltda e da 2G Turismo e Eventos e “a confusão patrimonial de ambas.”

A secretaria diz, ainda, que a determinação foi informada a “todos os interessados no processo”, durante reunião pública realizada na terça-feira (20). O G1 entrou em contato com os sócios-administradores da You Viagens & Turismo e aguarda resposta.

Nesta quarta (21), afirma o governo, após analisar a documentação das próximas colocadas, houve declaração de vencedores e abertura do prazo para apresentação das razões recursais, procedimento que pode ter a participação da You Turismo.

A empresa, informa a SAD, tem até segunda-feira (26) para apresentar os recursos, de acordo com o prazo legalmente estabelecido. “Desse modo, o processo encontra-se em andamento, aguardando o exaurimento da fase recursal com vistas à conclusão”, declara o governo na nota.

O Ganhe o Mundo oferece vagas para intercâmbio em países de línguas estrangeiras. Os estudantes podem escolher cursos em países como Canadá, Argentina, Chile, Espanha, Colômbia, Estados Unidos, Nova Zelândia e Austrália.

Resposta
Por meio de nota, a You informou que recebeu “com surpresa” a decisão do estado de impedir a participação da empresa na licitação, e que “embora as empresas façam parte do mesmo grupo familiar, a You Viagens e Turismo e a 2G Turismo & Eventos em nada se confundem. São pessoas jurídicas distintas e que gozam, nessa qualidade, de personalidade jurídica e autonomia patrimonial próprias.”

A You Turismo diz que “o estado de Pernambuco estava ciente da insuficiência dos valores pactuados para a execução do contrato, muito antes dessa questão vir a conhecimento público” e que, “ainda assim, permaneceu indiferente ao pedido de reequilíbrio econômico-financeiro apresentado pela 2G Turismo, que seria suficiente para honrar todas as dívidas” do PGM.

A empresa diz ter se surpreendido com o fato de que “outras empresas do certame terem sido, igualmente, acusadas de irregularidade na execução do contrato do Programa Ganhe o Mundo” e que “apesar disso, foram declaradas vencedoras de vários lotes do certame”. A empresa diz que as propostas das empresas vencedoras tinham valor superior ao apresentado pela You.

A nota enviada pela empresa afirma, ainda, que “a You não compreende e não aceita o tratamento desigual concedido às licitantes do Programa Ganhe o Mundo, aparentando uma verdadeira perseguição, primeiro, a 2G Turismo & Eventos e, agora, a You Viagens e Turismo.”

Por fim, a You Turismo afirma que vai adotar medidas judiciais “que assegurem o direito de participar do Programa Ganhe Mundo e de se sagrar vencedora dos lotes”.

Dívidas
No dia 9 de agosto deste ano, a diretora da Associação de Escolas Públicas do Canadá, Bonnie McKie, declarou que a instituição não receberia mais estudantes inscritos no Programa Ganhe o Mundo. Segundo ela, a medida vai vigorar até que as instituições recebam o dinheiro devido pela 2G Turismo. (Veja vídeo acima)

Em entrevista por telefone, ela alegou que a entidade deixou de receber dois milhões de dólares canadenses, o equivalente a quase de R$ 6 milhões, da empresa 2G Turismo.

A empresa foi vencedora da licitação aberta pelo estado para participar do programa entre 2018-2019, no lote do Canadá. Com esse dinheiro, são custeadas todas as despesas dos estudantes, incluindo educação e hospedagem.

A associação liderada por McKie atua em 130 distritos do país. As divisões de escolas públicas canadenses matriculam mais de 40 mil estudantes internacionais a cada ano.

Os alunos, que devem estudar na rede estadual, passam por uma seleção. O Canadá recebe, em média, 460 pessoas a cada ano, de acordo com o governo do estado.

Em junho, alunos relataram atraso nas bolsas de R$ 719. Na época, o governo admitiu o problema, que atingiu 555 jovens, no Canadá e no Chile.

Carta
Em uma carta enviada no dia 2 de agosto, Bonnie Mckie alertou o secretário de educação de Pernambuco, Frederico Amâncio, e levantou a possibilidade de a You ter vencido a licitação.

Segundo ela, a informação foi repassada por integrantes da associação, em caráter não oficial. Na carta, a diretora dizia ter sido informada que a You é uma empresa de propriedade conjunta de Jameson Pereira do Nascimento e seu filho Gladson José Alves do Nascimento.

Primeiro alerta
As queixas da Associação Escolas Públicas do Canadá começaram em março deste ano. No dia 30 daquele mês, Mckie enviou uma carta ao governador Paulo Câmara (PSB) apontado problemas com a 2G Turismo.

No texto, a diretora da instituição informa que “houve atrasos sem precedentes e o prestador de serviços contratado, a 2G Turismo, repetidamente não cumpriu os prazos de pagamento”.

Bonnie Mckie diz ainda, na carta, que, na época, nove integrantes da associação estavam aguardando o repasse de R$ 1,3 milhão por serviços prestados no primeiro semestre letivo de 2019.

2G
Em 27 de junho, o governo de Pernambuco proibiu a participação da 2G Turismo e Eventos em novas licitações para as viagens dos estudantes ao exterior. Segundo a Secretaria de Educação, 555 jovens que foram para o Chile e Canadá tiveram as bolsas atrasadas por um problema financeiro da agência. (Veja vídeo acima)

Governo
No dia 9 de agosto, quando a associação das escolas do Canadá apontou que não receberia mais alunos do Ganhe o Mundo, o secretário Frederico Amâncio disse que a decisão não afetaria o programa. Segundo ele, “há outras associações desse tipo naquele país, que podem fazer parte da iniciativa”.

Na época, o secretário disse, ainda, que a participação da empresa You na licitação do Ganhe o Mundo seria alvo de avaliação.

Justificativa
No dia 10 de agosto, o diretor da empresa 2G, acusada pela Associação de Escolas Públicas do Canadá de dever 2 milhões de dólares canadenses referentes a intercâmbios de estudantes do Programa Ganhe o Mundo, se defendeu das alegações. (Veja vídeo acima)

Segundo Jameson Nascimento, o valor equivale a 1,69 milhão de dólares canadenses e a dívida ocorreu por causa de uma oscilação entre o valor repassado pelo governo pernambucano, previsto em licitação, e o valor do câmbio na época da viagem dos estudantes.

(Fonte: G1 – Pernambuco)

Related posts
Notícias

Câmara conclui votação de projeto que cria nova Lei de Licitações

Texto tramitava em regime de urgência desde março e agora segue para o Senado. Projeto estabelece…
Read more
Notícias

Amepi faz licitação para contratação de médico veterinário

Profissional irá trabalhar no castramóvel A Associação dos Municípios da Microrregião do…
Read more
Notícias

Vencedora da licitação para gerir consignados será conhecida dia 23

Sessão pública aconteceu na sexta-feira da semana passada Há quase três meses sem acessos aos…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *