Notícias

Ebserh abre licitação para contratar empresa que fará concurso público para Hospital de Clínicas da UFU

Concurso vai oferecer 887 vagas para o HC-UFU. Empresas interessadas em organizar o certame podem enviar as propostas até as 23h59 do dia 27 de agosto.

A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) publicou no Diário Oficial desta segunda-feira (12) o aviso de chamada pública para escolha de empresa ou entidade especializada em prestação de serviços técnicos de planejamento, organização e realização de concurso público para preenchimento do quadro de vagas no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU).

Ao todo, segundo a Ebserh, o concurso vai oferecer 887 vagas para o HC-UFU: 173 vagas para médicos de 71 especialidades, 614 vagas para a área assistencial e 100 para a área administrativa.

As empresas interessadas em organizar o concurso podem enviar as propostas até as 23h59 do dia 27 de agosto para o e-mail sesep.sede@ebserh.gov.br. O edital deve ser publicado ainda neste semestre. A data do concurso ainda não foi definida.

Com o quantitativo recentemente autorizado pelo Ministério da Economia, o HC-UFU entra efetivamente para a rede Ebserh. Até então, ele não fazia parte efetivamente da rede porque o quadro de funcionários não era da Ebserh.

De acordo com a empresa, a contratação de profissionais para o HC-UFU vai permitir a reativação de leitos que hoje estão fechados por falta de pessoal e um maior foco na formação de profissionais e na pesquisa.

“A ação também possibilitará a regularização de contratos considerados irregulares pelos órgãos de controle. O reforço de pessoal proporcionará ainda a manutenção e melhoria de serviços essenciais de assistência à saúde da população e o apoio às atividades de ensino e pesquisa”, informou a empresa.

O projeto básico do concurso público para vagas no HC-UFU está disponível pela internet.

Nova gestão
A gestão do HC-UFU pela Ebserh foi foi recomendada pelos ministérios públicos Estadual e Federal em 2013 devido às dificuldades financeiras anunciadas pela própria direção do hospital na época.

Em 2014, o Conselho Universitário da Universidade Federal de Uberlândia (Consun-UFU) decidiu pela pré-adesão da Ebserh para administrar o HC-UFU.

Nos últimos anos foram diversas interrupções de atendimentos. Entre elas, em junho de 2016, quando o hospital informou que não poderia mais receber pacientes devido à falta de medicamentos e insumos. No dia 21 de janeiro do mesmo ano, o hospital informou que voltou a atender somente os pacientes em situações de urgência ou emergência.

Segundo a unidade, a demora no repasse do Sistema Único de Saúde (SUS) piorou a situação financeira, dificultando ainda mais as negociações com os fornecedores de materiais e medicamentos para atendimento aos pacientes.

No mês seguinte, pacientes tiveram cirurgias oncológicas canceladas por falta de insumos no hospital. Em junho do mesmo ano, o HC suspendeu as cirurgias de traumatologia e de alta complexidade, como as cardíacas e eletivas.

Outras interrupções ocorreram ao longo dos anos e, em outubro de 2017, o reitor Valder Steffen informou, em audiência pública, que assinaria um novo protocolo de intenções, o que ocorreu no mês seguinte durante visita ao Ministério da Educação (MEC), em Brasília.

Em março de 2018, a adesão à Ebserh foi aprovada pelo Consun-UFU. Foram 78 votos favoráveis, 42 contrários e 10 abstenções. Essa aprovação validou a pré-adesão já autorizada em 2017 pelo conselho.

Segundo já divulgado pelo G1, a UFU informou que o contrato assinado em Brasília prevê a gestão do HC-UFU pela Ebserh no âmbito que compreende a prestação de serviços gratuitos de assistência médico-hospitalar, ambulatorial, apoio diagnóstico e terapêutico e internação hospitalar à população pelo SUS.

 

Prazo adiado
No início de agosto deste ano, a Ebserh adiou o prazo para assumir a administração do HC-UFU, que estava previsto para maio de 2020. A informação é do presidente da empresa, Oswaldo Ferreira, que fez o anúncio em uma reunião com representantes do hospital e o reitor da UFU, Valder Steffen.

“Não há condição de fazer nesse prazo, porque temos várias questões ainda a serem resolvidas agora e já há um natural atraso. Acredito que tudo pode ser resolvido nos próximos dez meses ou um ano [a contar do prazo inicial]”, disse Ferreira.

No entanto, o executivo disse que a parte burocrática já está adiantada. “A parte preliminar foi feita, com várias interações neste tempo. O ponto mais importante, que estávamos aguardando, era o dimensionamento em termos de pessoal determinado para nossa área”, informou.

Uma portaria publicada no dia 22 de julho, no Diário Oficial da União, estabeleceu o limite máximo de 3.709 empregados no quadro de pessoal próprio da Ebserh.

Do total das 3.709 vagas, 1.476 já estão ocupadas por servidores estatuários. De acordo com a Portaria Nº 20 da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais, do Ministério da Economia, destas 1.476, 1.321 serão substituídas por funcionários concursados da Ebserh.

Além do chamamento público que inicia o processo de escolha da banca realizadora do concurso, em agosto, também serão feitas a seleção e nomeação dos gestores do HC-UFU.

 

A Ebserh
Criada em 2011 e vinculada ao MEC, a Ebserh administra hospitais universitários federais em todo o Brasil. O objetivo da rede é aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do SUS, além de promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

(Fonte: G1 – Triângulo e Alto da Paranaíba)

Related posts
Notícias

PCDF investiga empresários que usaram robô para fraudar licitação

Suspeitos criaram softwares proibidos para dar lances automáticos em pregões eletrônicos…
Read more
Notícias

Aberta licitação para construir sede do MP em Nova Mutum; investimento de R$ 4,2 milhões

A prefeitura de Nova Mutum divulgou no Diário Oficial do Estado que as empresas interessadas em…
Read more
Notícias

Governo revê licitação de R$ 147 milhões

O governo do Estado suspendeu licitação para contratação de uma empresa para gerenciar a…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *