Notícias

Audiência pública discute nova licitação do transporte coletivo de Londrina

Reunião será realizada no auditório do Senai, nesta sexta-feira (24), a partir das 19h. População poderá dar opinião sobre os projetos e ainda sugerir melhorias.

Uma audiência pública vai discutir com a população a nova concessão do transporte público de Londrina, no norte do Paraná, nesta sexta-feira (24). A reunião será realizada no auditório do Senai, que fica na Rua Belém, 844, no Centro, a partir das 19h.

A prefeitura e a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) vão apresentar o novo projeto de contratação das empresas que ficarão responsáveis pelo serviço e também detalhar a nova licitação. A comunidade vai poder dar opinião sobre os projetos e ainda protocolar sugestões para melhorar a concessão.

“As pessoas se inscrevem a partir das 19h, depois vamos apresentar a proposta, na sequência vamos abrir para a discussão e as propostas deverão ser feitas por escrito”, explica o diretor de transportes da CMTU, Wilson de Jesus.

O atual contrato de concessão do transporte existe desde 2003 e o município é atendido por duas empresas. A Londrisul, cuida da zona sul, e a Transportes Coletivos Grande Londrina (TCGL) que atende restante da cidade, é responsável por 80% das linhas.

Este contrato terminaria em janeiro deste ano, mas, no fim de 2018, quando a prefeitura lançou a licitação, a TCGL recorreu no Tribunal de Contas do Estado (TCE) apontando vários problemas no edital.

A empresa informou que a distribuição e a forma de remuneração, com tarifa proposta em torno de R$ 4, tornaria inviável o transporte coletivo no município. A TCGL apontou mais de 20 supostas irregularidades.

Depois de vários recursos e negativas do TCE, a prefeitura de Londrina decidiu cancelar a licitação e lançar um novo edital. O procedimento terá ajustes e atualizações como dados operacionais e dos valores dos insumos, detalhes que foram criticados pelo TCE.

A CMTU diz que não dá para dizer que o valor da tarifa vai aumentar ou reduzir.

(Fonte: G1 Norte e Noroeste)

Related posts
Notícias

Senador alerta que nova licitação da BR-163 pelo Governo Federal vai encarecer pedágio e tornar MT “inviável”

Um estudo elaborado pela consultoria GO Associados alerta para o risco de Mato Grosso se tornar…
Read more
Notícias

STF adia julgamento de decreto sobre governança e licitações em campos da Petrobras

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, pediu na tarde desta quarta-feira…
Read more
Notícias

Concessionária que vai assumir rodovias da região de Piracicaba abre vagas de emprego

Nas próximas semanas, há previsão da agência iniciar a divulgação das vagas que serão…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *