Notícias

Após “barraco”, vereadores aceleram votação da LDO e entram em recesso

A mensagem é alvo de muitas críticas, pois devolve ao município a gestão do saneamento da Capital e, de quebra, autoriza a abertura de licitação para concessão ou parceria público-privado.

 

 

Após serem chamados de “ladrões” por servidores da Sanecap, indignados com a aprovação do projeto que autoriza a concessão do sistema de saneamento, os vereadores cuiabanos cancelaram a sessão extraordinária de hoje (15) e aceleraram a votação da Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) para 2012, com previsão de R$ 1,3 bilhão. Eles limparam a pauta nesta quinta (14) e já estão de recesso.

 

Os parlamentares aproveitaram que os servidores foram para o Palácio Alencastro para saírem de “férias”. A ideia é deixar a poeira baixar, evitando um desgaste ainda maior ao Legislativo. Os vereadores só retomam os trabalhos em 2 de agosto. Com isto, deixam o “pepino” para o prefeito licenciado Chico Galindo (PTB), que reassume nesta sexta, sem que os ônus recaíam sobre a Câmara, que criou nesta quinta (14) uma comissão para debater a lei aprovada na “surdina”.

 

A mensagem é alvo de muitas críticas, pois devolve ao município a gestão do saneamento da Capital e, de quebra, autoriza a abertura de licitação para concessão ou parceria público-privado. Os funcionários da Sanecap mostram-se preocupados com a possibilidade de perderem os cargos, já que a companhia não será indenizada. Por outro lado, o presidente da Sanecap, Aray da Fonseca, garante que não haverá prejuízos.

 

Além de apreciar a LDO, os vereadores aprovaram a mensagem que autoriza o Executivo a contratar financiamento de R$ 44 milhões junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O montante será investido no programa “Caminho da Escola”. Com o recurso, a prefeitura garante que vai renovar a frota de veículos escolares da rede básica de educação da zona rural.

Related posts
Notícias

TCE-MT realiza estudo técnico que orienta pregoeiros e servidores que trabalham nas licitações públicas

O Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) elaborou relatório técnico que orienta pregoeiros e…
Read more
Notícias

TCE flexibiliza exigências para habilitar empresas em licitação durante pandemia do Coronavírus

O Tribunal de Contas Estado acatou denúncia feita por meio da ouvidora-geral do órgão e…
Read more
Notícias

Juiz obriga governo a indenizar moradores e urbanizar ‘As Malvinas’

O Governo de Sergipe tem prazo de 60 dias para solucionar os problemas que envolvem a comunidade do…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *