LegislaçãoNotíciasProjetos de Leis

Decisão TCU: Acórdão 4788/2016 Primeira Câmara

(Representação, Relator Ministro Bruno Dantas) Licitação. Qualificação técnica. Certificação. Certificado de boas práticas de fabricação. Medicamento.

É ilegal a exigência do Certificado de Boas Práticas de Fabricação e Controle (CBPF) como requisito de habilitação técnica em procedimentos licitatórios para compra de insumos empregados nos serviços públicos de saúde, pois: a) inexiste previsão específica em lei para tal exigência, afrontando o art. 30, inciso IV, da Lei 8.666/1993, cuja interpretação deve ser restritiva; b) o CBPF não garante o cumprimento das obrigações assumidas pelo particular perante o Poder Público; e c) constitui exigência excessiva, uma vez que o efetivo registro de medicamentos pressupõe a adoção prévia, pelo fabricante, das boas práticas de fabricação.

Related posts
Notícias

Licitação escolherá banco para administrar folha do Ipassp

Segundo o Instituto de Previdência dos Servidores, o processo será aberto dia 23 de setembro O…
Read more
Notícias

Após denúncia, licitação para administrar frota municipal por meio de software é suspensa

Suspensão deve permanecer até pontos questionados serem resolvidos e Corte de Contas se manifestar…
Read more
Notícias

TCE suspende licitação da Sesp para locação de banheiros químicos da Operação Verão

Foi suspenso, por medida cautelar do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), o Pregão…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *