LegislaçãoRegulamentos

Acórdão TCU nº 620/2014-Plenário

Pregão. Negociação baseada no valor de propostas desclassificadas. Ilegal.

Na etapa de negociação para obtenção do preço mais vantajoso, considera-se conduta ilegal do Pregoeiro a utilização dos valores de propostas desclassificadas como referência para essa aferição. Assim concluiu o Relator, Min. Ministro Valmir Campelo, que “o parâmetro normativo para aferição da aceitabilidade da proposta (…) é o valor de referência, mesmo porque é ele que serve de guia à formulação dos lances. De outra forma, não haveria sequer como garantir a objetividade e a impessoalidade do julgamento, princípios basilares que, em última instância, garantem a lisura do certame e norteiam todo o procedimento licitatório”.

Related posts
LegislaçãoMedidas Provisórias

MEDIDA PROVISÓRIA Nº 961, DE 6 DE MAIO DE 2020

A MEDIDA PROVISÓRIA nº 961/2020 altera os valores de contratação direta por dispensa de…
Read more
LegislaçãoResoluções

Acórdão 615/2020 Plenário

Não estabelecer o critério de aceitabilidade dos preços unitários em edital para contratação…
Read more
LegislaçãoResoluções

Acórdão 1278/2020 – Primeira Câmara

A participação de servidor na fase interna do pregão eletrônico (como integrante da equipe de…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *