LegislaçãoResoluções

Acórdão 615/2020 Plenário

Não estabelecer o critério de aceitabilidade dos preços unitários em edital para contratação de obra pública, é considerado ERRO GROSSEIRO, a atrair a responsabilidade do Parecerista Jurídico que deu parecer favorável ao edital. Este é o posicionamento do Tribunal de Contas da União, conforme o Acórdão 615/2020 – Plenário.

A ausência de critério de aceitabilidade dos preços unitários em edital de licitação para contratação de obra, em complemento ao critério de aceitabilidade do preço global, configura erro grosseiro que atrai a responsabilidade do parecerista jurídico que não apontou a falha no exame da minuta do ato convocatório, pois deveria saber, como esperado do pareceristas médio, quando as disposições editalícias não estão aderentes aos normativos legais e à jurisprudência”.

Related posts
LegislaçãoResoluções

Reajuste – Obras Públicas – data-base

Segundo recente posição do Tribunal de Contas da União, a DATA DO ORÇAMENTO ESTIMATIVO DA…
Read more
LegislaçãoLeis

Recente decisão do Tribunal de Contas da União

O art. 29 da Lei 8.666/1993 não exige prova da regularidade fiscal perante a fazenda municipal…
Read more
LegislaçãoMedidas Provisórias

MEDIDA PROVISÓRIA Nº 961, DE 6 DE MAIO DE 2020

A MEDIDA PROVISÓRIA nº 961/2020 altera os valores de contratação direta por dispensa de…
Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *